Publicidade

A Juventus está interessada em ter novamente Paul Pogba e estuda maneiras de negociar com o Manchester United. De acordo com a “ESPN”, o clube italiano prepara uma oferta ao United que incluiu dois nomes do elenco como moeda de troca: Dybala e Bernardeschi.

Pogba Manchester United Juventus Pogba não quer renovar com United | Foto: Premier League / Divulgação

O objetivo da Juventus é diminuir o valor da pedida do Manchester United por Pogba. Desta maneira, um cenário com troca de jogadores é interessante para o clube italiano.

LEIA MAIS! Bayern sai de campo e deixa caminho livre para Mbappé no Real Madrid

Publicidade

O atacante argentino Dybala, que tem contrato com a Juventus até junho de 2022, ainda não renovou o vínculo, em uma negociação que se arrasta e que enfrenta ruídos. O nome dele tem sido constantemente ventilado como moeda de troca da Juve.

LEIA MAIS! Jürgen Klopp define os dois nomes que o Liverpool vai buscar no mercado

Dybala não vem brilhando na atual temporada, mas desperta interesse de clubes como PSG. O próprio Manchester United já foi apontado como pretendente do atacante argentino.

Publicidade

LEIA MAIS! Busquets supera marca de Puyol e agora tem Iniesta pela frente no Barcelona

Bernardeschi também tem contrato com a Juventus até junho de 2022. O atacante italiano perdeu espaço nesta temporada no clube italiano.

Juventus de olho: Pogba deve deixar o Manchester United

Pogba vai movimentar o mercado da bola em breve. Isso porque o cenário aponta para uma saída do meia francês do Manchester United. Empresário do atleta, Mino Raiola já declarou que Pogba está infeliz no clube inglês e que o melhor caminho é dar adeus ao United.

Publicidade

O vínculo de Pogba com Manchester United vai até junho de 2022. Ele não quer renovar com o clube. De acordo com a “ESPN”, o United não pretende facilitar em uma possível venda do atleta no mercado da bola e cogita negociá-lo apenas na janela da metade de 2021.

Pogba defendeu a Juventus por quatro temporadas (de 2012/2013 a 2015/2016), até retornar ao Manchester United, na temporada 2016/2017.