Publicidade

O Sevilla acompanha com muito interesse a particular disputa entre Chelsea e Barcelona pela contratação de seu zagueiro, o francês Jules Koundé. O Barça estava favorito na disputa depois de o clube inglês ter partido em busca de outras opções. Mas a frustração azul nestas transações fez com que o Chelsea voltasse à cena, mas dessa vez com um caminhão de dinheiro.

Jules Koundé está valorizado no mercado (Foto: Sevilla)

O Chelsea fracassou nas tentativas de tirar do Manchester City Aymeric Laporte e Nathan Aké. Mas Thomas Tuchel segue insistindo na necessidade de reforçar o sistema defensivo. Assim o nome de Koudé voltou a ter muita força no Stamford Bridge.

Segundo informações da imprensa espanhola, o Chelsea planeja superar os 65 milhões de euros (mais de R$ 320 milhões) que o Barcelona ofereceu ao Sevilla. Além disso o clube inglês pretende oferecer tudo em dinheiro, ao contrário do Barcelona.

Relacionadas

Lewandowski
Gleison Bremer

Publicidade

Pela proposta do Barcelona o Sevilla receberia 45 milhões de euros em dinheiro e o resto em jogadores. As conversas inclusive indicaram que o Sevilla tinha se empolgado com o meia espanhol Nico González e com o atacante marroquino Abde Ezzalzouli, este último do time B do Barça.

Jorge Mendes, agente do jogador, teria trabalhado para a negociação entre Barcelona e Sevilla avançar. Entretanto o português também tem excelente relacionamento com o Chelsea, o que faz a transação voltar a ficar parada. Mas com o Sevilla rindo cada vez mais.

Comentários