Publicidade

O futebol mundial está de luto. Alemanha e Bayern perderam um de seus maiores símbolos, Gerd Müller, que morreu na madrugada deste domingo (15) aos 75 anos. Foi o Bayern que deu a notícia. Ídolo na seleção alemã e no Bayern de Munique, Gerd Müller sofria de Alzheimer desde 2011. Ele marcou 566 gols em 607 partidas oficiais pelo Bayern e estabeleceu o recorde ainda insuperável de 365 gols na Bundesliga.

Gerd Müller sofria de Alzheimer desde 2011 - Foto: Reprodução Instagram Gerd Müller sofria de Alzheimer desde 2011 – Foto: Reprodução Instagram

No entanto, as façanhas de Gerd Müller vão além. Foi artilheiro do campeonato alemão em sete ocasiões, mas pela seleção alemã, o ex-atacante marcou 68 gols em 62 jogos ao longo de sua carreira. Um fenômeno.

Leia também

Trio peso-pesado domina: o valor de mercado dos elencos de La Liga

Publicidade

Vida sem Messi: Barcelona tenta virar a página e mostra otimismo

“Um dia trágico e trágico para o Bayern e seus torcedores. Gerd Müller foi o maior atacante da história, uma pessoa excelente e uma figura no futebol mundial”, disse Herbert Hainer, atual presidente do Bayern, em comunicado.

Relacionadas

Alaba Real Madrid
Pau Torres

Embora um craque em campo, Gerd Müller era muito querido na Alemanha também por seu caráter humano. Entretanto, ajudou muito o fato de chegar ao Bayern no verão de 1964 e conquistar três Copas da Europa, uma Copa Intercontinental e uma Recopa. Mas há também quatro Bundesligas e quatro Copas da Alemanha. Por isso, entre outras coisas, é ídolo eterno.

Publicidade

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por 🇧🇷FC Bayern München Brasil🇩🇪🔴⚪ (@fcbayernbrasil__)

Comentários