Publicidade

A Federação Italiana de Futebol subiu o tom contra a Juventus, que mantém a participação na Superliga, ao lado de Barcelona e Real Madrid. Presidente da entidade, Gabriele Gravina diz que a Juve corre o risco de ficar fora do Campeonato Italiano.

A Superliga foi criada por 12 clubes europeus, com objetivo de criar um novo torneio, economicamente mais rentável do que a Champions League. A reação negativa no mundo do futebol foi imediata. Os clubes ingleses abandonaram o barco. Posteriormente, Atlético de Madrid, Milan e Inter de Milão também desistiram. No momento, Barcelona, Real Madrid e Juve resistem.

Cristiano Ronaldo e Pirlo Juventus Juve de Pirlo e CR7 está pressionada | Foto: Valerio Pennicino/Juventus FC via Getty Images

“Se a Juventus não se retirar da Superliga, ficará fora da Série A. Nove clubes desistiram. Outros três resistem. Entre eles, como sabem, a Juventus”, declarou o dirigente.

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Juventus
Haaland Dortmund

Publicidade

“Há regras muito claras em nosso estatuto. Se o clube não aceita, sinto muito, mas estará fora”, completou.

Comentários