Futebol Internacional

Barcelona deve bolada em contratações

Raphinha Barcelona
Barcelona ainda tem muita grana a pagar por Raphinha | Foto: PAU BARRENA/AFP via Getty Images

O Barcelona tenta arrumar a casa, mas continua sofrendo com a grave crise econômica que atravessa. O clube, por exemplo, tem uma “bolada” para quitar em contratações de jogadores. Segundo “2Playbook”, o valor é de 207 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão). O “carnê” é pesado.

Um gasto que aumentou consideravelmente foi o pagamento a agentes de jogadores, que passou para 11,6 milhões de euros (R$ 63,1 milhões), quatro vezes a mais.

Nas negociações no mercado da bola, o parcelamento também é algo comum. Contudo, é um dado a ser observado para o fluxo de caixa, o volume de pagamento de cada ano, o que promete comprometer buscar outros jogadores, por exemplo.

Na última janela, o Barcelona não pôde investir muito – concentrou os esforços em Vitor Roque, um reforço para o futuro. O clube tenta viabilizar a ida dele para a Espanha em janeiro.

As dívidas do Barcelona

A maioria da dívida do Barça é de 2022. O clube, por exemplo, tem de pagar 24,2 milhões de euros (R$ 131,7 milhões) ao Leeds United, neste ano, por Raphinha. E ainda vão restar 38,4 milhões de euros (R$ 209 milhões). Por Lewandowski, ainda falta quitar 10,2 milhões de euros (R$ 55,5 milhões) junto ao Bayern de Munique e também a outros clubes que o artilheiro passou, como o Borussia Dortmund. Assim, o montante total aberto é de 31,3 milhões de euros (R$ 170,3 milhões).

Robert Lewandowski Barcelona

Barcelona também tem dívida por Lewandowski | Foto: MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images

Em relação a Koundé, outro reforço de 2022, a dívida junto ao Sevilla é de 11,8 milhões de euros (R$ 64,2 milhões). A lista de pendências do Barcelona tem jogadores que já deixaram o clube, como os brasileiros Neto e Emerson Royal.

O Barça também tem grana a receber, mas o volume é menor. O clube tem direito a 27,5 milhões de euros (R$ 149,7 milhões) por valores referentes a Griezmann, Memphis Depay, Junior Firpo e Trincão. Além disso, ainda não está computabilizada a grana de vendas da última janela, algo na casa de 100 milhões de euros (R$ 544,3 milhões).

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *