Publicidade

O Flamengo vai encontrar nas quartas de final da Libertadores um time que costuma ser uma pedra no sapato no torneio: o Olimpia. O Rubro-Negro nunca venceu o rival paraguaio na competição. Nem mesmo o time de Zico & Cia., em 1981, ano do primeiro título dos cariocas, conseguiu.

O retrospecto do Flamengo contra o Olimpia em Libertadores aponta para duas derrotas e quatro empates. Chegou a hora do troco? O jogo de ida das quartas de final acontece nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Paraguai.

Galeria de Fotos

A campanha do Olimpia na Libertadores é irregular. Foram três vitórias e três derrotas na fase de grupos. Entretanto, mata-mata é diferente. O Internacional que o diga. Na fase de grupos, o clube gaúcho bateu os paraguaios duas vezes. Levou o troco nas oitavas de final.

Relacionadas

Ronaldinho Flamengo x Olimpia Libertadores
David Luiz

Alô, Flamengo! Olimpia já eliminou brasileiro na Libertadores

Publicidade

O Olimpia chega às quartas de final com moral, após eliminar o Internacional, nos pênaltis, no Beira-Rio. Nas oitavas de final, o clube paraguaio conseguiu algo inédito para eles: não levar gol nesta Libertadores. Foram dois empates por 0 a 0.

LEIA MAIS! Partida contra o Olimpia no Paraguai terá público

O poderoso ataque rubro-negro vai ter pela frente um time que levou muitos gols na fase de grupos – foi vazado em todos os jogos. O Olimpia sofreu 14 gols nesta Libertadores. O Inter fez 6 a 1 nos paraguaios pelo Grupo B. Por sinal, o o clube paraguaio avançou na segunda colocação.

Olimpia Olimpia deixou o Inter pelo caminho | Foto: Olimpia / Divulgação

Publicidade

Em que pese o fato de não ter levado gol nas oitavas de final, o sistema defensivo do Olimpia não vem se mostrando como ponto forte. Na temporada, o time levou 46 gols em 30 jogos – uma média de 1,5 gol sofrido por jogo.

MAIS! Flamengo obtém liminar no STJD para ter torcida no Brasileirão

Já o ataque merece elogios e inspira cuidados. O Olimpia fez 13 gols nesta Libertadores e tem 52 na temporada, o que representa uma média de 1,7 gol por jogo. É bom ficar de olho.

Olimpia conta com referência do futebol paraguaio

Publicidade

É um atacante o nome de maior peso do Olimpia. O experiente Roque Santa Cruz, de 39 anos, é uma referência do futebol paraguaio. Ele tem quatro jogos nesta Libertadores e um gol marcado.

Roque Santa Cruz Olimpia Flamengo Roque Santa Cruz é ídolo do Olimpia | Foto: Olimpia / Divulgação

O clube paraguaio conta também com um nome conhecido do futebol brasileiro. O atacante Derlis González defendeu o Santos. Ele tem dois gols em quatro jogos na competição.

Outro jogador que o Flamengo precisa ficar ligado é no volante Richard Ortiz. É o artilheiro do time nesta Libertadores, com três gols.

Comentários