Botafogo, Flamengo, Futebol Brasileiro, Vasco

Willians no Goytacaz: campeões brasileiros que já jogaram divisões inferiores de Estaduais

Willians, volante do Goytacaz

O acerto do volante Willians, de 34 anos, com o Goytacaz, de Campos dos Goitacazes, surpreendeu muita gente. Afinal, não é sempre que se vê um campeão brasileiro vestir com orgulho a camisa de um clube que disputa a Série B de um campeonato regional, mesmo sendo ele a Segunda Divisão do Carioca. No entanto, não é fato inédito. Seguindo o exemplo de Willians, campeão brasileiros pelo Flamengo em 2009, o MAIS QUE UM JOGO mostra isso. Confira lista com campeões brasileiros que defenderam clubes em divisões inferiores estaduais.

Willians, volante do Goytacaz

ALOISIO CHULAPA

Talvez seja o caso mais marcante. A carreira de Chulapa é recheada de títulos e passagens em grandes clubes, inclusive europeus, como o PSG. Entretanto, foi no São Paulo que viveu sua grande fase, como tricampeão brasileiro (2006,2007 e 2008), e campeão do Mundial de Clubes, em 2005. Mas também vestiu a camisa da Francana na disputa da Série A-3 do Paulistão – embora duas partidas apenas -, defendeu o Maringá na Série C do Paranaense pelo Maringá, em 2015, e por aí vai.

VIOLA

Acumulou diversos títulos na carreira, inclusive uma Copa do Mundo, em 1994. Entretanto, tem um único título brasileiro, conquistado com o Vasco, no ano 2.000. Despediu-se dos gramados em 2015, defendendo o Taboão da Serra na Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Mas assinou também com o Tanabi-SP e Grêmio Osasco-SP, ambos em 2013. Defendeu o Angra dos Reis na Segunda Divisão do Carioca, em 2008, e o Uberlândia no Módulo 2 do Campeonato Mineiro, em 2007.

TÚLIO MARAVILHA

Campeão brasileiro pelo Botafogo, em 1995, Túlio defendeu o São Caetano na disputa da Série A-2 do Campeonato Paulista no ano 2.000. Mas o jogador tem outras histórias, como a passagem pelo Cenedense, na Segunda Divisão do Campeonato Goiano, em 2006. No mesmo ano ainda vestiu a camisa do Nerópolis, na Série C goiana. Túlio, no entanto, era contratado da Federação Goiana de Futebol.

EDILSON CAPETINHA

Em dezembro de 2015 Edilson Capetinha foi anunciado pelo Taboão da Serra. Ele já havia se aposentado, mas resolveu voltar aos gramados já com seus 45 anos para disputar o Paulista da Série B, algo como a Quarta Divisão estadual. Só em Campeonato Brasileiro, Edilson tem quatro títulos. Pelo Palmeiras, em 1993-1994, e Corinthians, em 1998-1999.

GLADSTONE

O zagueiro campeão brasileiro pelo Cruzeiro, em 2003, assinou com o Betim para a disputa do Módulo 2 do Campeonato Mineiro em 2020. Antes, embora no mesmo ano, havia conquistado também a Copa do Brasil, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. Em 2019, defendeu o Votuporanguense na Copa Paulista.

THIAGO RIBEIRO

Campeão brasileiro em 2006 pelo São Paulo, Thiago Ribeiro tem passagens pelo futebol internacional. Após enfrentar problemas com depressão, teve um bom ano em 2019, quando ajudou o Red Bull Bragantino a subir para a Série A do Campeonato Paulista.

ODVAN

O folclórico zagueiro é bicampeão brasileiro pelo Vasco, em 1997 e 2.000. Jogou em outros grandes clubes e teve passagem também pelo futebol português e norte-americano. No entanto, vestiu a camisa do mesmo Goytacaz que Willians está vestindo hoje. Mas isso lá pelo idos de 2012, quando disputou a Série B do Carioca.

ROMÁRIO

Campeão brasileiro, campeão mundial, artilheiro, etc. Enfim, Romário também está nesta lista, uma vez que vestiu a camisa do America, cumprindo promessa feita a seu pai. Foi em 2009 quando, após 27 anos de jejum, o America bateu o Artsul por 2 a 0 no Estádio Giulite Coutinho, conquistando o título da Segundona Carioca.

Você Também pode gostar

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *