Publicidade

A histórica camisa 10 da Seleção Brasileira teve um novo dono. Coube a Éverton Ribeiro usar o número eternizado por Pelé, devido à ausência de Neymar, lesionado. Curiosamente, foi o primeiro jogo do meia do Flamengo como titular da Seleção. Éverton Ribeiro, inclusive, participou do gol da vitória do Brasil sobre a Venezuela, nesta sexta-feira, no Morumbi, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar.

Éverton Ribeiro, Brasil Éverton Ribeiro leva o Brasil ao ataque | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

“Muita felicidade. Infelizmente, o Neymar se machucou. Tive esta grande oportunidade. Esta honra de vestir a 10 da Seleção. É um sonho de criança, é um sonho realizado. Pude aproveitar, desfrutar desta oportunidade. Graças a Deus, uma vitória. Consegui participar da jogada do gol. Então vai ficar marcado. Que venha o próximo jogo”, declarou Éverton Ribeiro.

LEIA MAIS! Brasil sofre ofensivamente, mas bate a Venezuela e continua 100%

Publicidade

No segundo tempo, ele recebeu de Paquetá, que entrou no segundo tempo, e cruzou com a perna direita, que não é a melhor (ele é canhoto). Renan Lodi e Gabriel Jesus disputaram pelo alto com a zaga venezuelana e a bola sobrou para Roberto Firmino marcar.

Éverton Ribeiro analisa vitória do Brasil

O camisa 10 da Seleção reconheceu que o time encontrou dificuldade para superar a marcação venezuelana. Éverton Ribeiro analisou o jogo e destacou a importância do resultado.

“Time muito fechado. A proposta deles, nós sabíamos, que seria do contra-ataque. Dificultar a entrada pelo meio. Às vezes, abusamos desta tentativa por dentro. Exploramos um pouco menos a lateral, que estava mais fácil. Mas quando a gente encontrou aquele passe bem-feito na linha de fundo a gente conseguiu fazer a jogada para o gol. Foi o mais importante, poder vencer e continuar na frente. A gente sabe que cada jogo vai ser mais difícil. Sempre importante vencer”, disse Éverton Ribeiro.

Publicidade

Com a vitória, o Brasil continua com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias, com nove pontos. A Seleção está na liderança. Na próxima rodada, vai enfrentar o Uruguai, fora de casa, nesta terça-feira, às 20h (horário de Brasília).