Publicidade

O Avaí está vivo no Brasileirão e com chance de se manter na elite. O clube catarinense não depende apenas de si – está na penúltima colocação, com 39 pontos, um a menos do que o Vitória, primeiro time fora do Z-4. O drama do Avaí é ainda maior em relação aos outros ameaçados por ter menor número de vitória e pior saldo de gols entre eles.

Avaí tenta escapar do rebaixamento no Brasileirão | Foto: André Palma Ribeiro / Avaí F. C.

Para se manter na elite, o Avaí precisa de ao menos um tropeço de Sport, Ponte Preta e Vitória ou duas derrotas do Coritiba. Além de fazer a sua parte, claro. O primeiro passo para se manter vivo é buscar o triunfo sobre o Atlético-PR, neste domingo, na Ressacada. Se não ganhar e o Vitória bater a Ponte, o clube catarinense estará rebaixado.

Os caminhos para o Avaí

O melhor cenário para o Avaí é vencer os dois jogos – encerra contra o Santos, na Vila Belmiro. Ainda assim, precisará secar para ultrapassar três dos quatro ameaçados. Neste contexto, o time torcerá para três das quatro combinações: um tropeço do Sport, um tropeço da Ponte, um tropeço do Vitória e uma derrota e um empate do Coritiba.

Publicidade

Leia também:

Neymar e Cristiano Ronaldo deixam Messi de lado na Liga dos Campeões
Celtic vira a maior vítima de Neymar na Liga dos Campeões ao lado do… PSG
Diego vive ano de artilheiro e tem números melhores do que centroavantes
Mesmo com R$ 15 milhões, Palmeiras silencia sobre Lucas Lima
Neymar ganha ‘vale night’ do técnico do PSG
A meta (praticamente de artilheiro) de Paulinho no Barcelona
Mercado da bola: veja quem pode chegar e quem pode sair do seu clube

Se somar quatro pontos, o Avaí terá de torcer por uma derrota ou dois empates do Sport, por uma derrota ou dois empates da Ponte e dois tropeços do Vitória. A situação ficará mais complicada se o Avaí fizer três pontos: dois tropeços do Sport, dois empates da Ponte e empate do Vitória com a Ponte e derrota para o Flamengo.

A briga contra a degola no Brasileirão

Publicidade

[table id=21 /]