Publicidade

Não deve ser fácil comandar um time como o Corinthians. A primeira vitória do time no Campeonato Paulista ganhou protagonista, e ele se chama Júnior Dutra. Por outro lado, Kazim virou o vilão da história.

Jogadores do Corinthians festejam gol contra o São Caetano no Pacaembu (Divulgação Corinthians) Jogadores do Corinthians festejam gol contra o São Caetano no Pacaembu (Divulgação Corinthians)

Júnior Dutra mudou o panorama do jogo contra o São Caetano, neste domingo, no Pacaembu. Entrou no segundo tempo, substituindo Kazim e aproveitou a primeira bola para fazer o segundo gol do jogo.

O lance foi polêmico, pois começou depois de um gol anulado do São Caetano. Enquanto os jogadores reclamavam com o auxiliar, o Corinthians reiniciou o jogo e partiu para o ataque. Ainda assim, a bola sobrou para Júnior Dutra após falha de Esley.

Calma nessa hora

Publicidade

Fato é que, ao marcar logo de início o seu primeiro gol pelo Corinthians, Júnior Dutra deslanchou e mudou o astral do time. O Corinthians ganhou mais movimentação e o placar deslanchou. Porém, daí a se tornar a solução para o time pós-Jô…

Melindrado, Carille já avisou que Kazim não está descartado, nem mesmo a busca de alternativas para o Corinthians fazer gols. O técnico lembra que há outras opções no elenco, que vão além do próprio Kazim e de Júnior Dutra. A temporada está apenas começando.

Leia também

Publicidade

Por que o futuro de Neymar está longe do Real Madrid
Suárez e Messi somam mais gols que 15 times do Espanhol
Com média melhor que Messi, Suárez entra em lista especial do Barcelona
Por que o futuro de Neymar está longe do Real Madrid
Manchester United fecha as portas para Cristiano Ronaldo
Trio do PSG deixa no chinelo o tridente do Real Madrid: duelo vem aí
Neymar marca quatro gols num jogo pela quinta vez na carreira