Publicidade

Reforço de peso do Flamengo, o zagueiro David Luiz é mais um nome de Copa do Mundo que está de volta ao futebol brasileiro. Ele reforça um fenômeno recente: o de retorno de atletas da Seleção Brasileira dos Mundiais de 2014 e de 2018.

Aos 34 anos, ele não renovou com Arsenal. O Flamengo teve paciência, aguardou o fechamento do mercado europeu, colocou as cartas da mesa e apresentou um projeto esportivo a David Luiz. Deu certo. É um nome de peso para continuar a brigar por títulos.

Galeria de Fotos

O próprio Flamengo já havia feito um movimento neste sentido em 2019, com Filipe Luís. O lateral-esquerdo disputou a Copa do Mundo de 2018, enquanto David Luiz jogou o Mundial de 2014.

Relacionadas

Tite

Publicidade

Também em 2019, o São Paulo contratou Daniel Alves. O lateral-direito estava em 2014, além do Mundial de 2010. Ele ficou fora de 2018 em função de uma lesão. No momento, está livre no mercado da bola.

Daniel Alves Daniel Alves rescindiu com São Paulo recentemente | Foto: Felipe Espindola / saopaulofc / Divulgação

Filipe Luís e Daniel Alves, então, “abriram” as portas para o retorno de nomes de Copa do Mundo. Nesta temporada, houve uma “volta em massa”. O São Paulo repatriou Miranda. O zagueiro, que jogou o Mundial em 2018, estava no futebol chinês.

Futebol brasileiro ganha nomes de peso

Destaque do Atlético-MG, Hulk também estava no futebol chinês. Titular da Copa do Mundo de 2014, o atacante chegou ao Galo nesta temporada. Ele soma 21 gols e 11 assistências até aqui. O Galo, inclusive, buscou outro craque com experiência de Copa, mas pela Espanha: Diego Costa. Naturalizado espanhol, ele disputou Mundial em 2014 e 2018.

Hulk Atlético-MG futebol brasileiro Hulk lidera o Atlético-MG | Foto: Pedro Souza / Atlético / Divulgação

Publicidade

Também nesta temporada, o Internacional repatriou Taison, após anos de futebol ucraniano. O atacante foi um dos atacantes levados por Tite ao último Mundial, na Rússia.

Douglas Costa também disputou a Copa de 2018. Ele voltou para o Grêmio nesta temporada, emprestado pela Juventus. O Corinthians, por sua vez, garantiu, recentemente, dois nomes de Copas.

Douglas Costa Grêmio futebol brasileiro Douglas Costa retornou ao Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O meia Renato Augusto, após rescindir com o futebol chinês, voltou para o Corinthians. Ele jogou o Mundial de 2018. O reforço mais recente do Timão é Willian, que deixou o Arsenal. O meia-atacante representou a Seleção Brasileira em 2014 e em 2018.

Publicidade

Sendo assim, seis nomes da Seleção da Copa do Mundo de 2018 voltaram para o futebol brasileiro, sendo cinco deles nesta temporada, enquanto que três de 2014 retornaram, sendo dois deles neste ano.

Comentários