Publicidade

O Campeonato Brasileiro 2018 encerrou sua primeira rodada nesta segunda-feira, com os jogos Botafogo 1 x 1 Palmeiras e São Paulo 1 x 0 Paraná. A maior renda foi registrada no clássico Corinthians 2 x 1 Fluminense, no sábado, na Arena Corinthians. A renda bruta chegou a R$ 1.372.018,06 para um público pagante de 28.777 torcedores. A renda líquida fechou com R$ 871.251,02.

Corinthians de Rodriguinho estreia com vitória no Campeonato Brasileiro (Rodrigo Coca - divulgação Corinthians) Corinthians de Rodriguinho estreia com vitória no Campeonato Brasileiro (Rodrigo Coca – divulgação Corinthians)

No outro extremo, a vitória por 3 a 0 do América Mineiro sobre o Sport registrou o menor público pagante e a menor renda. No total, 3.230 torcedores foram ao Independência, gerando renda bruta de R$ 36.293 e renda líquida negativa de R$ 56.296,29. Para alguns, o Campeonato Brasileiro começa já dando prejuízo.

Rio em crise

A rodada também dá sinais da fase ruim do futebol carioca, considerando a questão do público nos jogos. No Estádio Nilton Santos, jogaram Botafogo x Palmeiras, campeão carioca contra o vice-campeão paulista. Ao mesmo tempo, jogaram São Paulo x Paraná, no Morumbi. Apesar de em tese a partida do Rio tem mais peso, levando em conta o status dos integrantes do confronto, o jogo em São Paulo levou quatro mil torcedores a mais ao estádio.

Publicidade

No total, 7.020 pessoas estiveram no Nilton Santos, enquanto 11.327 marcaram presença no Morumbi.

Os três maiores públicos pagantes, nessa ordem, tiveram mando em São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, sendo Corinthians (28.777), Internacional (18.598) e Cruzeiro (15.252).

Já entre os três piores públicos pagantes, dois tiveram mando no Rio de Janeiro, sendo Botafogo (7.020), Vasco (6.349) e América Mineiro (3230).

Publicidade

Leia também

Começou bem? Veja média de gols da 1ª rodada do Brasileirão da era pontos corridos
Quais foram os campeões brasileiros em anos de Copa do Mundo
7 a 1 de novo? Relembre outras vezes que o placar apareceu
Real x Bayern e Liverpool x Roma: o retrospecto entre os semifinalistas da Champions
Quatro países nas semifinais da Champions League é raridade
Buffon não é o único: craques que não conquistaram a Champions League