Publicidade

Botafogo e Flamengo lambem as feridas e vão para o clássico deste sábado, no Estádio Nilton Santos, em baixa. É praticamente um duelo da depressão. Ou melhor, um confronto para evitar uma depressão profunda. Vencer o rival significa renovar o ânimo para a reta final da temporada. Já uma derrota… ah, vai aumentar a crise.

LEIA MAIS! Botafogo vai apertar o cerco para receber de Willian Arão

Na zona do rebaixamento do Brasileiro, com 20 pontos, o Botafogo está em crise. A torcida protestou ao longo da semana e até exagerou no tom. O time precisa reagir rapidamente para ganhar fôlego na luta contra a degola.

Publicidade

LEIA MAIS! Partiu Europa? Lincoln está perto de deixar o Flamengo

Já o Flamengo vem de duas eliminações seguidas. A última na Libertadores, para o Racing, na terça-feira. O Rubro-Negro está na briga pelo título brasileiro, mas agora pressionado e questionado. Também vive momento de baixa.

É neste clima opaco que Botafogo e Flamengo vão se enfrentar pela 24ª rodada do Brasileiro. Nos último anos, em determinados momentos, aquele rival que estava em baixa conseguiu sorrir no clássico. Relembre.

Botafogo x Flamengo: quando um rival em baixa vence

Flamengo arranca para título e elimina o Botafogo

Publicidade

Copa do Brasil de 2013: quartas de final. O momento do Botafogo era melhor. O Fogão, sob a batuta de Seedorf, estava no G-4 do Brasileiro, enquanto o Flamengo lutava para se distanciar do Z-4. No mata-mata, o Rubro-Negro prevaleceu. Após empate no jogo de ida por 1 a 1, o Fla atropelou o rival na partida de volta: 4 a 0, com três gols de Hernane Brocador e um de Léo Moura.

Hernane Brocador Flamengo Copa do Brasil Hernane brilhou no clássico | Foto: Alexandre Vidal e João Vitor / Fla Imagem / Divulgação

Botafogo carimba o Flamengo

O ano de 2015 foi de retomada para o Botafogo. Rebaixado no Brasileiro em 2014, o Fogão buscava se reconstruir. Mesmo em baixa no início de 2015, conseguiu vencer o Flamengo. Pelo Carioca, o Botafogo fez 1 a 0 no Maracanã, gol de Tomás Bastos.

Tomás Bastos Botafogo Tomás Bastos foi o herói do clássico de 2015 | Foto: Vitor Silva / SSPress / Divulgação

Botafogo elimina e estoura crise no rival

Em 2018, o Flamengo era considerado grande favorito na semifinal do Carioca contra o Botafogo. O Fogão estava em baixa, após ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil para a Aparecidense, mas deu a resposta no clássico. Luiz Fernando garantiu a vitória por 1 a 0 e ainda provocou com a comemoração em alusão ao “cheirinho”, brincadeira da torcida rubro-negra. A crise estourou no Fla e culminou com a demissão do técnico Paulo César Carpegiani e também do diretor-executivo Rodrigo Caetano.

Luiz Fernando Botafogo Flamengo Luiz Fernando provocou o Flamengo | Foto: Vitor Silva / SSPress / Divulgação