Publicidade

O Maracanã é a casa do futebol carioca e nacional. O Templo do Futebol, muitas vezes, também é especial para “forasteiros”. A história do estádio é cercada de alegria e de decepções. A última delas aconteceu nesta quarta-feira, com o título da Sul-Americana do Independiente sobre o Flamengo. Não tem jeito: Botafogo, Fla, Fluminense, Vasco e a Seleção Brasileira já amargaram uma frustração no Maraca.

Flamengo amargou nova decepção em final no Maracanã | Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Maracanazo, o começo de tudo

Construído para a Copa do Mundo de 1950, o Maracanã foi palco de um drama nacional logo de cara. O Uruguai venceu a Seleção Brasileira na final e ficou com o título mundial, calando praticamente 200 mil pessoas.

As decepções do Flamengo

O empate com gostinho de derrota para o Independiente, nesta quarta-feira, foi mais uma decepção do Flamengo no Maracanã, a segunda para o clube argentino. Em 1995, o Rei de Copas conquistou o título da Supercopa dos Campeões da Libertadores sobre o Rubro-Negro. Outra frustração do Fla em final aconteceu em 2004, com derrota para o Santo André na decisão da Copa do Brasil. Não foi final, mas era mata-mata. A eliminação para o América do México, pelas oitavas de final da Libertadores de 2008, após derrota por 3 a 0, foi um duro golpe para os rubro-negros no Maracanã.

Fluminense perde duas finais seguidas

Publicidade

A torcida tricolor já sentiu o dissabor de perder finais continentais no Maracanã em dois anos seguidos e para o mesmo rival. Em 2008, perdeu a decisão da Libertadores para a LDU nos pênaltis. O reencontro em 2009, na final da Sul-Americana, terminou em festa equatoriana de novo – o Flu venceu por 3 a 0, mas havia perdido o jogo de ida por 5 a 1.

Vasco perde mundial no Maracanã

Em 2000, o Vasco amargou o vice-campeonato mundial no Maracanã. Após empate sem gols no tempo normal, o Corinthians levou a melhor nos pênaltis. A festa no estádio foi paulista.

Decepção do Botafogo em 1999

Cem mil pessoas no Maracanã, expectativa de título e festa carioca, mas o Juventude estragou os planos do Botafogo. O Alvinegro não saiu do 0 a 0. Como havia perdido o jogo de ida por 2 a 1, ficou com vice-campeonato da Copa do Brasil.

Publicidade

LEIA TAMBÉM

Independiente aumenta domínio dos clubes argentinos na Copa Sul-Americana
Davi Luiz galês estreia e chama atenção no Chelsea
Com o Grêmio, Brasil chega à final pela 17ª vez e pode ampliar vantagem
Veja o retrospecto de Neymar contra o Real Madrid
Neymar vira garoto-propaganda de marca de café
Corinthians e Nike ampliam parceria
Cristiano Ronaldo se torna o maior artilheiro do Mundial de Clubes