Publicidade

Na reta final de montagem do elenco para a sequência da temporada o Fluminense anunciou um pacotão de reforços. Com alguns anunciados e outros em fase final de negociação, a tendência é que a semana termine com as seguintes contratações: os zagueiros David Braz e Manoel, o meia Juan Cazares e os atacantes Bobadilla e Abel Hernández. Assim o Fluminense muda de patamar em termos de elenco.

Manoel é um dos reforços do Fluminense (Foto: Bruno Haddad/ FFC)

Sem esses atletas o técnico Roger Machado estava dependente de alguns jogadores. Nomes como o meia Nenê e o atacante Fred continuavam sendo referências em um time onde os garotos cada vez mais pedem passagem. Mas a ausência de um medalhão comprometia a parte ofensiva. O mesmo vale para a defesa, quando peças como Luccas Claro ou Nino não podem atuar.

MAIS! Cazares chega para ser titular

Publicidade

Mas aos poucos Roger foi aumentando a importância da base. Nomes como Martinelli, Calegari, Luiz Henrique e mais recentemente Kayky passaram a ter peso maior no elenco do Tricolor.

– A mescla entre jovens e experientes é algo que já vem dando certo no Fluminense e que só temos que incentivar. Aos poucos vamos montar um elenco equilibrado e em condições de formar um time cada vez mais competitivo – disse Roger.

Roger ainda recuperou atletas do elenco

Ganso Fluminense Ganso observa as instruções de Roger Machado (Foto: Mailson Santana / Fluminense)

O treinador não quer abrir mão de nenhum jogador do plantel. Sabe que a temporada será longa. Assim tratou de recuperar nomes como Paulo Henrique Ganso, que tem sido uma excelente opção de segundo tempo. O apoiador tem atuado como falso nove e já fez dois gols na temporada.

Publicidade

MAIS! Covid pode atrasar chegada de David Braz

Com a chegada dos reforços as opções praticamente dobram por setor. Todos são jogadores experientes, que chegam para dividir com Nenê e Fred e condução do ritmo em campo. Assim aos poucos o Fluminense tem crescido e já muda de patamar na temporada.

Comentários