Publicidade

A fase do Fluminense é positiva. Após a eliminação para o Atlético-GO na Copa do Brasil o time parece ter acordado e começou a decolar no Campeonato Brasileiro. Nos dois últimos jogos foram vitórias importantes: 4 a 2 sobre o Goiás e 1 a 0 sobre o Bahia. Rivais que lutam contra o rebaixamento.

Ataque do Fluminense desequilibra e garante campanha positiva (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O técnico Odair Hellmann parece ter conseguido tranquilidade após uma sequência de resultados importantes no Campeonato Brasileiro.

Leia também:

Publicidade

Há 10 anos! Fluminense tinha vitória fundamental sobre o Galo
Nenê não esquece eliminação na Copa do Brasil

Focado apenas na competição de pontos corridos no restante da temporada, o Tricolor soube superar os duelos contra equipes que estavam na parte debaixo da tabela. Foram três vitórias e um empate em quatro jogos, com 10 pontos conquistados. Mesmo sem grandes atuações, Odair ressalta o momento da equipe.

– Até agora fazemos um excelente campeonato. Com dificuldades, mas pelo trabalho do grupo, está tendo menos dificuldades. Pela qualidade que estão impondo, esforço, dedicação. Estamos no caminho. O fim é só lá em fevereiro – afirmou o treinador após a vitória sobre o Bahia, neste domingo.

Publicidade

– Preciso exaltar o grupo. Ainda mais nesse hiato, que nossa equipe ficou sem vários jogadores, fizemos dez de doze pontos – completou lembrando os desfalques por Covid-19.

Campanha do Fluminense supera 2019

Odair comemora bom momento (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Não restam dúvidas que o Fluminense tem motivos para comemorar. Com 15 jogos disputados, o Tricolor é o 5º colocado com 24 pontos na tabela. A equipe tem nada menos do que o dobro de pontos que possuía em 2019 com o mesmo número de jogos.

Entretanto, a boa fase vai ser colocada à prova nas próximas rodadas. Nesta quarta-feira, o adversário será o líder Atlético-MG, em Belo Horizonte. Na sequência, vem o Ceará (11º) e o Santos (6º), no Maracanã, e o Fortaleza (8º), no Castelão.

Publicidade

– Temos de brigar jogo a jogo. O próximo é uma final. Precisamos ter tranquilidade nas derrotas, saber o que corrigir. E numa sequência positiva, manter o equilíbrio. Temos de ser equilibrados na vitória e derrota. Nas vitórias nem tudo está certo. Precisamos visualizar o que melhorar. Temos de ir passo a passo – alertou Odair.

Para o jogo com o Galo, o Fluminense não poderá contar com o lateral Danilo Barcelos, suspenso com três cartões amarelos. Com um problema na panturrilha, Michel Araújo é dúvida.

– Michel é difícil. Temos de esperar, mas é difícil. O que tenho ficado feliz é que estamos usando muitas variações táticas para iniciar e dentro do jogo, mudanças de posicionamento. Vamos visualizar situações para tirar esse jogo de imposição do Atlético, seus pontos fortes e também dar volume, criar nossas situações. A ideia central não muda, fazemos mudanças no sistema. Vamos pensar o que vai ser melhor para esse jogo – adiantou o treinador do Flu.