Publicidade

O Fluminense trabalha de olho no duelo de quarta-feira contra o Atlético-MG, em Minas Gerais, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Precisando vencer o Tricolor pode buscar inspiração no passado. E não muito afastado. Há exatos dez anos, em 2010, o Fluminense foi campeão brasileiro. E naquela campanha uma vitória sobre o Galo foi fundamental. Naquela ocasião os times duelaram no Mineirão e o Fluminense ganhou por 3 a 1.

Gum cabeceia para fazer o primeiro gol do Fluminense (Foto: Youtube)

Era o primeiro turno do Campeonato Brasileiro e o Atlético-MG fazia uma boa campanha. Entrou em campo como o favorito. A tarefa dos cariocas ficou ainda mais complicada logo aos dois minutos de jogo, quando Muriqui abriu o marcador para os mineiros.

Fluminense virou sobre o Galo no segundo tempo

Fred comemora seu gol pelo Fluminense contra o Galo (Foto: Youtube)

Na volta para o segundo tempo o Fluminense voltou disposto a reagir. A virada veio em dois minutos. Aos 16 o zagueiro Gum aproveitou cobrança de escanteio de Marquinho e cabeceou para o fundo da rede. O Galo sentiu o golpe e levou o segundo aos 18. Alan recebeu passe de Fred e, sem ângulo, chutou para o fundo da rede.

Publicidade

Leia também:

Fluminense de olho em Jonathan Alvez
Fred acha difícil bater recorde de Dinamite

O Fluminense ainda conseguiria o terceiro gol para fechar de vez o caixão atleticano. E ele veio nos acréscimos. Fred tabelou com Alan e deslocou o goleiro Marcelo. O Tricolor arrancava para o título. Veja a ficha daquele jogo:

Publicidade

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 1 X 3 FLUMINENSE-RJ

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de maio de 2010 (Domingo)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Assistentes: Alessandro Alvaro Mattos (Fifa/BA) e João Antônio Sousa Neto (DF)
Cartões amarelos: Fabiano e Lima (Atlético-MG) e Fred e Marquinho (Fluminense)
Gols:
ATLÉTICO: Muriqui aos 2 minutos do 1º Tempo
FLUMINENSE: Gum aos 16, Alan aos 18 e Fred aos 46 minutos do 2º Tempo

ATLÉTICO: Marcelo, Coelho (Ricardo Bueno), Lima, Werley e Leandro; Zé Luís, Júnior (Diego Macedo), Fabiano (João Pedro) e Ricardinho; Muriqui e Diego Tardelli
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
FLUMINENSE: Rafael, Mariano, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diogo, Diguinho, Marquinho (Júlio César) e Conca (Digão); Rodriguinho (Alan) e Fred
Técnico: Muricy Ramalho