Visão de europeu: Domènec Torrent estava certo ao falar em poucos títulos do Flamengo?

publicado em 10/02/2021 às 8:08

Na semana passada Domènec Torrent quebrou o silêncio em entrevista ao site “Globoesportes.com” e explicou os motivos que levaram a sua demissão no Flamengo. Mas uma fala do espanhol gerou a revolta dos flamenguistas. Ele disse que para sua centenária história, com a maior torcida do Brasil, o Rubro-Negro tem poucos títulos nacionais e continentais. Assim ele deu a entender que há coisas erradas dentro do clube.

Domènec Torrent em ação pelo Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/CRF)

A frase de Dome acabou gerando muitas discussões. Mas um fator precisa ser levado em consideração: a visão de europeu do treinador. O espanhol passou a maior parte de sua carreira trabalhando na Europa, como auxiliar de Pep Guardiola.

LEIA MAIS! Flamengo pode perder laterais após o Brasileirão

O Flamengo dificilmente conseguiria ter em títulos a superioridade que tem em número de torcedores. Isso porque nenhum torneio é tão equilibrado como é o Campeonato Brasileiro em termos de ligas nacionais.

Jorge Jesus viu o tal equilíbrio

Flamengo foi supercampeão em 2019 (Foto: Conembol)

Multicampeão pelo Flamengo, outro europeu, o português Jorge Jesus citou recentemente o equilíbrio do Brasileirão.

– Não é a Inglaterra, nem a Itália, nem a Espanha. O campeonato mais difícil do mundo é o Brasileiro. As equipes têm história e grandes jogadores. Dos 20 times, 14 já foram campeões – disse o treinador ao jornal português “A Bola”.

Jesus mostra mais conhecimento do futebol brasileiro do que Dome ao falar do histórico de campeões. Isso porque algumas décadas tiveram até mesmo algum domínio por parte de um ou outro clube, mas nada que determinasse uma hegemonia.

Flamengo sofreu com crises e viu rivais dominarem

Botafogo 0 x 0 Portuguesa 1969

Botafogo: um dos timaços dos anos 60 (Foto: Arquivo JS)

Ao longo de muitos anos o Flamengo sofreu com uma grave crise financeira, que foi contornada muito depois de seu centenário, por meio da gestão de Eduardo Bandeira de Mello.

– O dinheiro acabou – disse Márcio Braga em 2006. O então presidente do clube se referia aos cofres do clube na época.

A crise financeira fez o Flamengo inclusive correr risco de rebaixamento em várias temporadas, como 2005 e 2013, por exemplo.

LEIA TAMBÉM! Flamengo segue acreditando no título

Com os problemas financeiros e também por conta de outros aspectos e Flamengo viu rivais dominarem o futebol, mas sem a hegemonia dos cenários eueopeus. Os timaços de Santos e Botafogo brilharam nos anos 60. Na década de 70 foi a vez do Internacional brilhar. Vasco e Palmeiras tiveram bons números na década de 90, com o São Paulo, na primeira década deste século o São Paulo foi tricampeão brasileiro, ganhando ainda a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes da Fifa.

O Flamengo também viveu seu auge nos anos 80, com o timaço de Zico que levou três títulos nacionais, a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes. Mas como seus rivais, o time também não tinha o monopólio tão exigido por Dome. Retrato do futebol mais equilibrado do mundo. Difícil de ser analisado pela maioria dos treinadores europeus.

Deixe seu comentário:

Comentário