Flamengo

Sem movimentação, Flamengo pode se complicar contra o Botafogo

Domènec Torrent (Reprodução Youtube)

O Flamengo ainda não conseguiu repetir no Brasileirão as belas atuações do início deste ano, antes da paralisação do futebol. Embora o time seja o mesmo, é notória a falta de coordenação em campo, e o jogo não flui como antes.

Domènec Torrent (Reprodução Youtube)

O time que encantou a todos em 2019 e até março deste ano tinha algumas características marcantes. A principal delas era a movimentação coordenada de suas peças, tanto defensivamente quanto ofensivamente. Nenhum jogador adversário deixava de ser combatido por um ou mais rubro-negros quando tinha a bola. E quando tinha a posse, não faltavam opções para o passe vertical. Isso não está acontecendo, e o técnico Domènec Torrent reconhece.

– Tivemos muitos problemas. Mas nós preparamos um jogo diferente e queríamos fazer muitos movimentos e não jogar no pé. Preparamos um jogo para deixar Gabi e Bruno dentro para atacar espaços. Arrascaeta e Everton jogando de fora para dentro e fazendo movimentos para criar espaços. Precisamos jogar com mais mobilidade. Talvez as pessoas confundem o jogo de posição. Não gosto de tocar a bola por tocar. Gosto de jogadores que tenham mobilidade e ataquem espaços – afirmou o treinador em sua coletiva após o empate com o Grêmio.

Com essa falta de movimentação, o time está exagerando nos passes curtos e laterais e não é mais incisivo como antes. A pressão sobre a saída de bola do adversário também não é feita com a intensidade vista antes.

Leia também:

Gabigol desencanta, mas Flamengo empata com o Grêmio

Gabigol sai em defesa de Torrent

Flamengo terá que segurar contra-ataque do Botafogo

Tudo isso tem feito a equipe encontrar muitas dificuldades contra equipes que jogam fechadas. Foi assim nas finais do Carioca contra o Fluminense, e tem sido assim no Brasileiro. Quando encontrou adversários competentes no contra-ataque, como foi com os dois Atléticos, o mineiro e o goiano, saiu derrotado.

No próximo domingo, o Flamengo encara o Botafogo pela quinta rodada do Brasileirão. O Alvinegro superou o Atlético-MG nesta quarta-feira com uma boa marcação em seu campo e contra-ataques em velocidade. A equipe de Paulo Autuori, que teve dificuldades contra Bragantino e Fortaleza, fez o Galo provar de seu próprio veneno.

– Sei que o Botafogo é um clássico muito importante aqui, mas precisamos ganhar, seja o Botafogo ou outro adversário. Vamos tentar ganhar o jogo, mas não será fácil, porque todas as equipes têm qualidades. É normal. Neste ano todo mundo quer vencer o Flamengo – disse Dome.

– Primeiro, todas as pessoas querem ganhar do Flamengo. Segundo, precisamos de tempo para todos fazermos uma equipe forte novamente. Quando isso acontecer de ganhar dois jogos consecutivos, tudo será mais fácil – finalizou.

A falte de tempo para treinar tem sido uma das razões apontadas por Dome para explicar os problemas da equipe. Após o clássico deste domingo, o Flamengo terá uma rara semana sem jogos e Domènec poderá trabalhar mais na evolução do time.

Você Também pode gostar