Publicidade

A parceria do Flamengo com os patrocinadores vem dando certo. O Rubro-Negro já havia experimentado com sucesso a relação com o BRB e agora vê a Moss, que fechou acordo no meião do uniforme, querer ampliar a relação com o clube.

Gabigol Flamengo Moss está no meião do Flamengo | Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Divulgação

Em julho do ano passado, o Flamengo fechou com o Banco BRB um patrocínio máster para a camisa rubro-negra. Além disso, o acordo prevê uma sociedade nos lucros da operação do “Banco Nação BRB”, um banco digital com a bandeira do Flamengo.

Com ações de marketing junto à torcida rubro-negra, o Banco Nação já possui cerca de 400 mil contas digitais. Com 1 milhão de contas, o Flamengo poderá receber, entre fixo e variável, de 100 a 200 milhões de Reais ao ano.

Patrocinadora impressionada com o Flamengo

Publicidade

A Moss é uma empresa brasileira de carbono zero com atuação no ramo de cripto moedas e que apoia o reflorestamento da Amazônia. O patrocínio foi fechado no final de março e a repercussão tem sido acima do esperado.

“Estamos satisfeitos e impressionados com o retorno do patrocínio. Como reação a esse sucesso imediato, o pagamento foi feito à vista para beneficiar o clube. Foi para fortalecer a parceria e dar uma sinalização e demonstrar que seja um ganha-ganha sempre. Então, quando a gente ganhar, o Flamengo ganha também”, afirmou o CEO da empresa, Luis Felipe Adaime, em entrevista ao site Coluna do Fla.

“Temos conversado para uma extensão do patrocínio, principalmente, em ações digitais. Ainda não há nada definido. Focar em ação digital, nas mídias sociais, porque o Flamengo tem uma presença forte. Pensamos em montar algo que gere ainda mais receita para o clube, algum tipo de bonificação por performance de venda. Algo semelhante ao BRB, ou seja, quanto mais vende, mais o clube ganha”, completou.

Comentários