Flamengo

E agora Mengão? Fla tem que esquecer JJ e começar de novo

Gabigol lamenta gol perdido contra o Atlético-GO (Reprodução ge)

Onde foi parar o Flamengo que encantou o Brasil antes da pandemia do Coronavírus? O que fez a equipe cair tanto de rendimento? Apenas a troca de treinador não explica isso. Desde o retorno do futebol o time parece viver uma ressaca que não tem fim. De uma vez por todas, o Fla tem que esquecer JJ e começar de novo.

Gabigol lamenta gol perdido contra o Atlético-GO (Reprodução ge)

Desde a primeira partida pós-pandemia contra o Bangu pelo Carioca, que o Flamengo não é o mesmo. Contra três times fracos, fez partidas apenas razoáveis. No primeiro adversário mais difícil, o Fluminense, se complicou. E isso tudo ainda com Jorge Jesus.

As dificuldades com o Tricolor parecem que foram um prenúncio do que estava por vir. A saída do Mister e os impactos sobre a equipe agravaram a situação.

Se a informação trazida pelo comentarista da ESPN Brasil, Mauro Cezar Pereira, de que existe uma questão física no elenco, procede, isso explica muita coisa. Segundo ele, a comissão técnica espanhola se espantou ao encontrar atletas acima do peso e alguns abaixo, mostrando perda de massa muscular.

Mas como pode isso acontecer no clube de maior investimento do país e com uma estrutura de europeu? O elenco Rubro-Negro retornou aos treinos há quase três meses.

Leia também:

Irreconhecível, Flamengo perde para o Atlético-GO

Filipe Luís: ‘Não é o momento para desespero’

Adversários em outra rotação

De fato, o que mais surpreendeu em campo nas duas derrotas no Brasileirão foi a diferença de intensidade. Os dois Atléticos estavam em outra rotação. Nesta quarta-feira, o Goianiense, que não fazia um jogo oficial em cinco meses e só fez três jogos-treino, mostrou um ritmo muito superior ao Flamengo.

Nos primeiros 45 minutos da partida contra o Atlético-MG, o Rubro-Negro mostrou um bom conjunto. Mas no plano individual, muitos atletas estão longe do auge e isso se reflete nos erros cometidos. Do intervalo do jogo de domingo até o fim da partida desta quarta, foram três tempos irreconhecíveis.

Para completar, o técnico Domènec Torrent resolveu mudar o posicionamento da equipe no pior momento possível. E foi um desastre.

Em resumo, o Flamengo tem o pior início num Brasileirão de pontos corridos, e em um mês estará jogando a Libertadores. Para arrumar a casa com jogos quarta e domingo, é preciso muita cabeça fria e um bom planejamento. Se Dome conseguir superar isso, pode entrar para a história como Jesus. Mas se não conseguir, a temporada estará perdida.

Você Também pode gostar