Flamengo

Dirigente do Fla revela meta para venda de jogadores até julho

Tostes viu finanças serem afetadas com pandemia de Covid (Foto: Reprodução)

O Flamengo tem sofrido na parte financeira com a pandemia de Covid. Por conta disso, os rubro-negros adiantaram que vão precisar vender jogadores para equilibrar seus números.

Tostes viu finanças serem afetadas com pandemia de Covid (Foto: Reprodução)

O vice-presidente financeiro, Rodrigo Tostes, adiantou quanto o Flamengo precisa arrecadar com venda de jogadores até o meio do ano.

– A gente tem uma entrega de venda de jogadores aproximadamente de R$ 91 milhões nessa janela de julho. O clube tem trabalhando arduamente e estamos bem confiantes de que vamos conseguir cumprir essas vendas. Só para lembrar que exercemos a compra do Pedro, o que mostra a capacidade de investimento do clube. Com exceção da bilheteria, não tivemos nenhuma linha pior do que imaginávamos. Nós achamos que as vendas do ano de 2021 vão ocorrer – disse ao site Globoesporte.com.

O Flamengo estipulou uma perda de até R$ 200 milhões com a pandemia, sendo R$ 110 milhões com a bilheteria. Em termos de vendas, os rubro-negros já arrecadaram cerca de R$ 50 milhões com as vendas de Yuri César e Lincoln.

Leia também:

Ceni vai montar Flamengo contra o Bangu sem Rodrigo Caio e com Diego Alves

Maurício Souza valoriza trabalho no profissional do Flamengo

Os flamenguistas negociaram o jovem Natan com o Bragantino. O zagueiro chegou por empréstimo ao clube paulista, com obrigatoriedade de compra em caso do cumprimento de metas no fim de 2021. O valor da transação pode chegar a R$ 27 milhões.

Você Também pode gostar