Flamengo

Anunciado no Braga, Carvalhal explica negativa ao Flamengo

Foto: Getty Images

Um dos cotados para assumir o Flamengo após a saída de Jorge Jesus, o português Carlos Carvalhal rechaçou negociar com os dirigentes rubro-negros e acertou com o Braga-POR.

Carlos Carvalhal preferiu aceitar a proposta do Braga-POR (Foto: Getty Images)

O treinador explicou as razões de não trabalhar no clube carioca.

– É um dos maiores clubes do mundo, 95% dos técnicos do mundo aceitariam esse desafio. Eu tenho que tomar uma decisão e preciso conversar com minha família. Precisamos viver com a realidade, e minha decisão não será apenas sobre futebol – disse ao Sky Sports.

Carvalhal citou a pandemia de coronavírus como uma das principais razões para se manter no futebol português.

– Vou tentar antecipar o que acontecerá com o coronavírus em outubro, novembro e dezembro. E tentar encontrar a melhor maneira de dar um próximo passo importante na minha carreira, mas ao mesmo tempo proteger minha família – declarou.

Leia também:

Negócios, família, projeção… os motivos que fizeram Carlos Carvalhal dizer não ao Flamengo

Perto de anúncio de treinador, Flamengo trabalha no Ninho

Com a negativa do português, os dirigentes do Flamengo focam no espanhol Domenec Torrent. O ex-auxiliar de Pep Guardiola já se reuniu uma vez com o vice-presidente Marcos Braz e o diretor-executivo Bruno Spindel.

Você Também pode gostar