Publicidade

O Botafogo nos últimos anos se caracterizou por investir em jogadores africanos. Mas o fim da relação entre o clube e os jogadores do continente não parece ser das melhores e eles passam a carregar a chamada maldição alvinegra. Trata-se de uma brincadeira da torcida com jogadores que não agradaram pelo Glorioso e deixam o clube pela porta dos fundos.

O assunto voltou à tona na segunda-feira, quando o Akhmat Grozny, da Rússia, anunciou a contratação de Yaya Touré para ser auxiliar da comissão técnica de Andrey Talalev. O clube russo assinou com mo ex-jogador um contrato de um ano. O fato virou motivo de provocação por parte dos botafoguenses, uma vez que o jogador chegou a ser anunciado pelo clube no ano passado e depois desistiu do acerto. O vazamento de conversas dele com o Vasco gerou ofensas por parte do ex-presidente Carlos Augusto Montenegro e até mesmo de empresários que tentavam viabilizar o acerto.

Kalou Botafogo Kalou foi muito mal pelo Botafogo (Foto: Vitor Silva / Botafogo)

Como não acertou com Yaya Touré o Botafogo investiu em Salomon Kalou. A troca não foi nada boa. O africano, campeão europeu pelo Chelsea em 2012, fez apenas um gol com a camisa botafoguense e sequer conseguiu ser titular. Além disso fez algumas exigências para rescindir contrato, se tornando uma das piorres contratações da história recente do Alvinegro.

Publicidade

MAIS! Botafogo ainda monitora o mercado 

A maldição alvinegra pelo visto pegou ele em cheio. O atacante parece caminhar para um fim de carreira longe dos holofotes da grande mídia do Velho Continente. O Sampaio Corrêa abriu as portas do clube para Salomon Kalou. Mas um acerto parece pouco provável pelo aspecto financeiro. Entretanto o tradicional clube do Maranhão é a possibilidade com mais visibilidade que se desenha.

Joel procura novo clube

Yaya Touré virou auxiliar na Rússia (Foto: Twitter)

Segundo informações do site “Kingfut”, que trata de futebol africano, o Arta/Solar7, atual campeão do Djibuti, está em negociações avançadas com o atacante. O pequeno país do nordeste do continente ocupa o 183º do ranking da Fifa.

Relacionadas

Publicidade

Outro atacante que jogou pelo Botafogo sem deixar saudades é o camaronês Joel. Ele integrou o elenco em 2017, mas teve poucas chances. Ano passado rescindiu contrato com o Cruzeiro e está sem clube. Assim os africanos podem dizer que deixar a torcida botafoguense insatisfeita não é um bom negócio.

Comentários