Botafogo

Rival em choque direito, Madureira traz boas recordações ao Botafogo

Botafogo brilhou em 1996. Mas Madureira sofreu (Foto: Ferj)

O Botafogo vai enfrentar o Madureira nesta quarta-feira à noite pela sétima rodada do Campeonato Carioca. O Tricolor suburbano é o único invicto da competição e aparece no G-4 com dez pontos, um a mais que o Alvinegro, quinto colocado. Assim a partida é um verdadeiro confronto direto na luta pela vaga nas semifinais. Mas se depender do passado o Glorioso tem bons motivos para ficar otimista. O Rival em choque direito, Madureira traz boas recordações ao Botafogo.

Marcelo Chamusca Botafogo

Chamusca sonha com triunfo diante do Madureira (Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação)

O Madureira foi finalista em dois títulos do Botafogo nos últimos 25 anos. O primeiro deles foi a Taça Cidade Maravilhosa de 1996, um torneio com status de Estadual, mas disputado apenas por times da capital.

MAIS! Botafogo vê Madureira como choque direto

Naquela ocasião o Botafogo de Túlio Maravilha entrou em campo embalado pela conquista do título brasileiro, ganho meses antes. Além disso era o favorito. O torneio era jogado, além do Glorioso e do Madureira, por Flamengo, Fluminense, Vasco, Bangu, America e Olaria. Todos jogavam em turno único, pontos corridos. Ao fim quem somasse mais pontos ganhava o caneco. O Botafogo atropelou ganhando sete dos oito jogos. Assim na penúltima rodada encarou o Madureira no Maracanã precisando ganhar para ser campeão por antecipação.

Taça Cidade Maravilhosa foi primeira final

Botafogo brilhou em 1996. Mas Madureira sofreu (Foto: Ferj)

O veterano goleiro Acácio bem que tentou impedir o título botafoguense com boas defesas. Mas após Josecler marcar contra aos 16 minutos a tarefa foi facilitada. Dauri ampliou ainda no primeiro tempo e Jamir deu números finais ao confronto na segunda etapa.

Dirigido pelo técnico Marinho Peres, o Botafogo entrou em campo naquela noite de terça-feira com: Wágner (Carlão), Perivaldo (Silas), Wilson Gottardo, Gonçalves e Jefferson; Jamir, Uidemar, Moisés e Dauri; Bentinho (Paulo Roberto Prestes) e Túlio Maravilha.

Botafogo derrota Madureira na final de 2006

Botafogo foi campeão em 2006 (Foto: Ferj)

No ano de 2006 o Botafogo chegou à final do Campeonato Carioca e pela frente teria a zebra da competição: o Madureira. Hoje técnico do Tricolor Suburbano, Alfredo Sampaio também treinava o time. E tinha em sua formação nomes como o zagueiro Odvan e o meia Djair.

LEIA MAIS! ‘Nada melhor do que estrear com vitória e fazer um gol ainda’, diz Marco Antônio

A final era em dois jogos e o Botafogo abriu vantagem no primeiro ganhando por 2 a 0. Reinaldo e Joilson fizeram os gols. Na época Al

Assim o Botafogo foi para a segunda partida podendo. Inspirado ao longo de toda a competição, Dodô fez dois gols, sendo o primeiro uma verdadeira pintura de longa distância. Reinaldo fez o terceiro do Botafogo, após Fábio Júnior descontar.

Você Também pode gostar