Publicidade

A boa fase na Série B do Campeonato Brasileiro não faz o Botafogo ficar parado.A ordem é reforçar o elenco de olho nos próximos desafios. Assim o Glorioso está perto de anunciar o atacante Fernandão, ex-Goiás, como reforço para seu elenco. Mas sua chegada não é para agora, já que ele não entra em campo desde fevereiro e enfrenta uma denúncia por uso de doping. Seu julgamento será em novembro e, se for absolvido, ficará à disposição.

O objetivo da diretoria alvinegra é assegurar a um custo muito baixo um centroavante para 2022. Segundo o repórter Venê Casagrande, do “O Dia”, o atleta de 34 anos já está realizando exames médicos no clube.

Fernandão Fernandão rodou vários clubes (Foto: Felipe Oliveira / Bahia)

Em 2020, Fernandão formou a dupla de ataque do Goiás no Brasileirão ao lado de Rafael Moura, hoje no Botafogo. Apesar do rebaixamento dos goianos, Fernandão anotou 10 gols em 24 jogos.

Publicidade

MAIS! O fator que mudou a vida do Botafogo na Série B

Com grande estatura, Fernandão tem passagens por vários clubes do Brasil e até do exterior. Cria das categorias de base do América-RJ, ele passou por Flamengo, Paysandu, Guarani, Palmeiras, Athletico Paranaense, Bahia. Seu auge na carreira foi no Fenerbahçe, da Turquia, onde anotou 50 gols em 104 jogos, entre 2015 e 2018.

Fernandão não é unanimidade no Botafogo

Com a possibilidade de perder o atacante Rafael Navarro em dezembro, o Botafogo decidiu investir em Fernandão. O clube, entretanto, está protegido com a possibilidade de rescindir o vínculo caso ele sofra uma longa punição no caso de doping.

Relacionadas

Publicidade

De qualquer forma, a contratação não escapou de críticas. Uma das mais contundentes foi do ex-treinador do Botafogo, Renê Simões, hoje comentarista da Band.

– O Goiás tentou essa composição (Fernandão e Rafael Moura) e não deu em nada. Eu não entendi. Se vai sair o Navarro para o ano que vem, vai contratar jogador experiente? Se é para agora, para emergência, não para ser titular, até pode ser. Mas honestamente não o vejo compondo o elenco do Botafogo atual não. Preferia um jogador mais rápido, de velocidade, do que um que ficasse mais parado e na emergência metesse a bola lá na área. Já tem o Rafael Moura, vai botar os dois? – avaliou Renê no programa Donos da Bola.

Comentários