Publicidade

O técnico Enderson Moreira conseguiu fazer o Botafogo ganhar os quatro primeiros jogos sob o seu comando na Série B do Campeonato Brasileiro. Mas nesta quinta-feira terá mais um importante desafio. Isso porque ele não poderá contar com o craque do time no duelo contra o Operário, no interior do Paraná. Com desgaste muscular, o meia Chay sequer viajou com a delegação.

Chay é o artilheiro do Botafogo na Série B, com sete gols marcados, e vem sendo determinante também na criação de jogadas. Normalmente a bola passa pelos pés do jogador nos gols botafoguenses. Assim o desafio é um dos maiores do treinador até aqui.

Chay tem sido fundamental para o Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sem Chay, Marco Antônio pode ficar sobrecarregado na criação de jogadas. Isso porque Enderson não deverá optar por nenhum dos meias da reserva. Warley e Felipe Ferreira são as opções. O primeiro é uma arma interessante no segundo tempo. Já Ferreira não tem a confiança do treinador.

Publicidade

MAIS! Enderson muda a vida dos veteranos no Botafogo

Uma possibilidade é optar por Luís Oyama. O japonês pode entrar e isso liberaria Pedro Castro para encontrar mais na frente. Assim Oyama e Barreto protegeriam os zagueiros. Assim essa é uma situação que passa pela cabeça do treinador.

Relacionadas

Por fim ele poderia optar pela entrada de um terceiro atacante, como Rafael Moura. Mas esta hipótese é pouco provável por conta das características do confronto. Enderson só deverá divulgar o time minutos antes do confronto.

Comentários