Chamusca reconhece que Estadual é para montar o Botafogo da Série B

publicado em 25/02/2021 às 14:58

A Série B é mesmo a prioridade no Botafogo. Prova disso é que o Campeonato Carioca servirá como laboratório para que o técnico Marcelo Chamusca consiga encontrar um time em condições de entrar na Série B já pronto.

Chamusca está feliz no Botafogo. Mas sabe que terá que mostrar resultado (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

A partir desta sexta, devem surgir muitas novidades até a estreia no Campeonato Carioca na próxima quarta-feira contra o Boavista, no Estádio Nilton Santos.

– No planejamento que está sendo feito há muitas decisões que serão tomadas depois do jogo (contra o Ceará). Temos que conversar com alguns atletas, ver o sentimento com relação a permanência, analisando o mercado e vendo os jogadores que iremos contratar. Quando cheguei já tinha um bom número de jogadores. São atletas que a diretoria contratou e que já já vai anunciar. O Botafogo está fazendo uma reformulação com muita calma, com muito equilíbrio, e a ideia é montarmos uma equipe competitiva para começar a encaixar no Campeonato Carioca e entrar na Série B numa boa condição – finalizou Chamusca, mas sem desvalorizar o Estadual.

LEIA MAIS! Garotada ‘compra’ diretoria e muda ambiente

Chamusca vê bom ambiente

Lúcio Flávio vem dirigindo o time. Mas vai passar bastão a Chamusca (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Marcelo Chamusca está ciente do desafio que será comandar o Botafogo em 2021. Rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro precisa reformular muita coisa. O presidente Durcésio Mello está em início de mandato e a nova diretoria chegou para dar um novo rumo ao clube. Mesmo com as finanças combalidas, o Botafogo traça planos para o futuro.

– É um grande desafio. Antes de aceitar o convite, conversei bastante com nosso executivo, Eduardo Freeland, que foi contratado para fazer uma reestruturação, o presidente também conversou bastante comigo, existe um novo comando. Senti na minha chegada um ambiente muito propício à essa restruturação – afirmou o treinador em entrevista à “Rádio Bandeirantes”.

LEIA MAIS! Saiba quem o Botafogo vai contratar

– Teremos algumas dificuldades, como queda de orçamento e pouco tempo para trocar algumas peças para o início da temporada. Mas nossa vida é feita de desafios. Além disso eles me deram vários sinais de que estão muito dispostos a mudar essa realidade e quero fazer parte desse momento do clube. Assim temos muita confiança – completou.

Embora tenha viajado para a capital cearense com a delegação alvinegra, Chamusca não comandará o time na beira do gramado contra o Ceará, pela última rodada. Assim o auxiliar Lucio Flavio seguirá à frente da equipe por mais este jogo.

Deixe seu comentário:

Comentário