Publicidade

O sucesso de Paulo Victor na lateral esquerda do Botafogo fez a diretoria coçar o bolso. O Alvinegro vai pagar R$ 300 mil ao Nova Iguaçu até dezembro. Assim o Botafogo vai comprar 50% dos direitos federativos de PV. O jogador tem 20 anos.

O jogador está emprestado ao Glorioso até dezembro. Mas se o Alvinegro pagar R$ 300 mil passa a ter o jogador no elenco e 50% dos seus direitos federativos. O valor é considerado muito baixo pelo que o atleta pode render mais na frente.

PV vai crescendo no Botafogo de Chamusca (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O crescimento do jogador é enorme. Após assumir a vaga na equipe, PV foi barrado antes do jogo contra o Volta Redonda. Marcelo Chamusca optou pelo mais experiente Rafael Carioca, que tinha acabado de chegar. Mas o reforço foi mal, falhando no empate por 2 a 2. O resultado praticamente tirou as chances de classificação do Glorioso no Estadual. O jogo seguinte era contra o ABC pela Copa do Brasil. Rafael Carioca mais uma vez ganhou a vaga e foi muito mal, inclusive dando alguns passes abaixo da crítica. O Glorioso foi eliminado nos pênaltis e o clamor por PV tomou conta das redes sociais.

Publicidade

O impacto da barração foi tanta que até mesmo, segundo apurou o MAIS QUE UM JOGO, o presidente Durcesio Mello conversou com Chamusca dizendo que preferia Paulo Victor. Não por interferência do dirigente, mas por algo que parecia óbvio, o treinador voltou com o antigo titular.

Botafogo prorroga empréstimo de Kayque

No último domingo PV dividiu com o volante Pedro Castro o posto de melhor do time na goleada de 4 a 0 sobre o Macaé. Deu assistência para dois gols, avançou com segurança e não comprometeu a defesa, ganhando elogios do chefe.

O Botafogo já comunicou ao Nova Iguaçu o desejo de comprar. Na conversa aproveitou e renovou até dezembro o empréstimodo volante Kayque, outro atleta cedido pelo Nova Iguaçu. Assim o Glorioso vai precisar também arcar com R$ 300 mil até dezembro para ter 50% dos direitos federativos de Kayque, que também tem 20 anos.

Comentários