Botafogo

Botafogo quer ir ao mercado em busca de substituto para Cortez

Ricardo Rotenberg está atento ao mercado europeu (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O Botafogo quer ir ao mercado em busca de um substituto para o meia equatoriano Gabriel Cortez. O jogador foi afastado no fim de semana após participar de uma live em que supostamente estava bebendo bebidas alcoólicas. Além disso, na live ele fez elogios ao Flamengo. O fato irritou de vez os dirigentes. Apesar disso a opção de não contar mais com o jogador era anterior ao episódio. Na terça-feira da semana passada ele foi comunicado pelo técnico Paulo Autuori que não estava mais nos planos do clube.

Gabriel Cortez chegou ao Botafogo com status de titular (Foto: Divulgação)

Sem Cortez, que foi uma das apostas dos dirigentes, o Botafogo estuda uma ida ao mercado. Hoje o titular do setor é Bruno Nazário. Para a criação de jogadas, Luis Henrique pode atuar de maneira mais recuada. Além disso, o volante japonês Keisuke Honda pode jogar mais adiantado. Outra opção é o peruano Lecaros, que ainda não se firmou e vem passando por um processo de adaptação.

Leia também:

Há 30 anos! Botafogo dava a volta olímpica mais polêmica de sua história
Botafogo pode pressionar Gabriel Cortez a rescindir contrato
Apresentação de Kalou terá telão e participação de torcedores

Ida ao mercado depende do destino do Cortez

A ida ao mercado vai depender do que o Botafogo vai conseguir fazer com Cortez. Devolvê-lo ao Guayaquil é impossível por conta do fechamento da janela de transferências. Assim a diretoria tenta encontrar um clube aqui no Brasil ou em algum país que ele tenha condições de atuar.

Ricardo Rotenberg está atento ao mercado (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Gabriel Cortez foi contratado no começo desta temporada cercado de expectativas. Mesmo não sendo considerado titular no Emelec no ano passado, o jogador vinha sendo convocado para a seleção equatoriana. Revelado nas categorias de base do Independiente del Valle, Gabriel Cortez defendeu o time entre 2012 e 2017. Naquele ano se transferiu para o Lobos do México. Em janeiro de 2019 foi para o Emelec para a disputa da Libertadores. O Botafogo o contratou este ano com o valor dos direitos federativos avaliados em 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5,14 milhões).

Você Também pode gostar