Publicidade

O Avaí deu o bote e virou para cima do Botafogo, neste sábado, no Nilton Santos, pela 28ª rodada da Série B: 2 a 1. O clube catarinense acaba com a sequência de oito vitórias seguidas do Fogão como mandante e dá recado na briga pelo acesso.

Agora, o Avaí é o vice-líder da Série B, com 49 pontos. O Botafogo cai para a terceira colocação e vê a “gordurinha” sumir. O clube carioca tem 48 pontos, a mesma pontuação do CRB, atual quinto colocado. A vantagem é por ter uma vitória a mais.

Chay Botafogo x Avaí Chay teve atuação discreta | Foto: Vitor Silva / Botafogo / Divulgação

O Botafogo decepcionou. O clube carioca não conseguiu criar muitas chances e, após sair na frente, levou a virada. Para piorar, viu um ex-jogador do clube marcar: Bruno Silva. O técnico Enderson Moreira ainda discutiu com torcedores no Estádio Nilton Santos.

Relacionadas

Publicidade

Na próxima rodada, o Botafogo tem mais um confronto direto de G-4: recebe o CRB, nesta sexta-feira, às 19h (de Brasília), no Nilton Santos. Já o Avaí volta a campo nesta terça-feira para enfrentar a Ponte Preta, às 19h (de Brasília), na Ressacada.

Avaí vira para cima do Botafogo

O primeiro tempo foi de muita luta e pouca inspiração. As duas equipes encontraram dificuldade para criar. Sobraram faltas e teve até discussão. Em um raro lance de futebol, Marco Antônio chegou a fazer um golaço. Ele recebeu lançamento e tocou por cobertura. Entretanto, ele estava impedido e o gol foi anulado.

O Avaí conseguia frear o Botafogo e por pouco não deu o bote na reta final da primeira etapa. Carlinhos foi cirúrgico e bloqueou finalização de Copete, após cruzamento da esquerda. Edílson ainda levou perigo em cobrança de falta. A bola saiu à direita.

Publicidade

As 19 faltas retratam como foi o primeiro tempo. Muita briga e pouca bola. Foram apenas seis finalizações, sendo cinco do Avaí. Detalhe: nenhuma acertou o alvo.

Se estava difícil criar, a solução foi a bola parada. Logo aos três minutos do segundo tempo, em cobrança de escanteio, Chay bateu fechado. Diego Gonçalves subiu na primeira trave, a bola desviou na zaga do Avaí e entrou: 1 a 0. A arbitragem deu o gol para o atacante.

O Avaí conseguiu reagir e chegou ao empate. Aos 16, Jean Cléber levantou a bola para a área. Ninguém encostou e o lance surpreendeu o goleiro Diego Loureiro: 1 a 1. O técnico Enderson Moreira, que pediu apoio dos torcedores, fez duas mudanças. Ele colocou Rafael e Warley. Saíram Marco Antônio e Diego Gonçalves.

Publicidade

A lei do ex apareceu no Nilton Santos e complicou a vida do Botafogo. Bruno Silva, que era vaiado a cada lance pela torcida alvinegra, ficou com rebote após Diego Loureiro rebater cruzamento e emendou: 2 a 1, aos 33. O volante não perdoou o ex-clube.

O técnico Enderson Moreira chegou a discutir com torcedores do Botafogo. Em campo, o clube carioca não teve forças para reagir e amargou a derrota.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1X2 AVAÍ

Publicidade

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 02/10/2021, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Cartão amarelo: Barreto (Botafogo) e Renato (Avaí)
Cartão vermelho:
Gols:
Botafogo: Diego Gonçalves, aos 3′ do 2ºT
Avaí: Jean Cléber, aos 16′ do 2ºT, e Bruno Silva, aos 33′ do 2ºT

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges (Ênio), Joel Carli, Gilvan e Carlinhos; Barreto, Luís Oyama e Chay (Luiz Henrique); Marco Antônio (Rafael), Diego Gonçalves (Warley) e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira.

AVAÍ: Glédson; Edilson, Betão, Fagner Alemão e Diego Renan; Bruno Silva, Jean Cléber (Wesley Lourenço) e Lourenço (Jadson); Vinícius Leite (Valdívia), Copete (Renato) e Jonathan (Rômulo). Técnico: Claudinei Oliveira.

Comentários