Publicidade

Enquanto tenta solucionar seus problemas mais emergenciais, a diretoria do Botafogo aguarda para os próximos dias um alívio nos cofres. Trata-se do dinheiro da venda do meia João Paulo para o Seattle Sounders. A expectativa é que entre um pouco mais do que R$ 4 milhões.

João Paulo e Vinicius Júnior disputam o lance no primeiro clássico de Flamengo e Botafogo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo) João Paulo em ação pelo Botafogo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Seattle Sounders não oficializou o desejo de comprar em definitivo os direitos federativos do jogador. João Paulo está emprestado ao clube norte-americano até novembro. Mas nas conversas da semana passada os dirigentes do clube avisaram ao Glorioso que o martelo será batido nos próximos dias, com fortes indícios de o negócio ser feito.

LEIA MAIS:

Publicidade

Sábado tenso: torcedores do Botafogo invadem sede em General Severiano
Victor Luís assume responsabilidade por empate

Pelo empréstimo de João Paulo o Botafogo recebeu R$ 2 milhões. A negociação foi fechada em janeiro deste ano, com o jogador abandonando a pré-temporada do plantel para se apresentar ao novo clube.

Botafogo tem 60% dos direitos de João Paulo

João Paulo foi investimento que valeu à pena (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Caso o negócio seja fechado João Paulo vai render ao Botafogo mais de R$ 6 milhões. Esse total representa apenas 60% dos direitos federativos do jogador. O restante pertence ao Santa Cruz-PE, que o negociou com o Botafogo.

Publicidade

Revelado nas categorias de base do Internacional, João Paulo se destacou mesmo com a camisa do Santa Cruz em 2015 e 2016. O Botafogo o contratou em 2017 e ele permaneceu em General Severiano até 2019, tendo feito 119 jogos e marcado sete gols. Ganhou o Campeonato Carioca de 2018 pelo clube.