Publicidade

O sábado do Botafogo foi agitado. Cerca de 300 torcedores protestaram em frente à sede do clube, em General Severiano. O clima ficou tenso e algumas pessoas invadiram o local, pulando o muro e depois a segurança liberou a entrada.

Botafogo protesto Torcedores na sede do Botafogo em General Severiano | Foto: Reprodução Twitter PMERJ

A torcida pegou no pé e dirigiu xingamentos ao presidente Nelson Mufarrej. Alguns jogadores também foram “lembrados”, como o centroavante Pedro Raul e o lateral-direito Barrandeguy.

LEIA MAIS! Reflexo da crise: a falta de coerência faz a diretoria do Botafogo bater cabeça

Publicidade

Os torcedores conseguiram estender uma faixa dentro da sede, no campo, com os seguintes dizeres: “Vergonha na cara” e “Time de frouxos!”. A Polícia conversou com a torcida para que deixasse o local.

Botafogo vive momento conturbado

O Fogão vive crise em campo e nos bastidores. O clube demitiu o técnico Bruno Lazaroni após a derrota no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, para o Cuiabá, e continua à procura de um novo comandante, na briga para se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS! Elenco do Botafogo se fecha em nome da classificação na Copa do Brasil

Publicidade

Fora de campo, o Botafogo vive dias de incerteza quanto ao projeto de S/A, alternativa traçada para resolver problemas financeiras e garantir a viabilidade administrativa e econômica do clube.