Publicidade

O fim da chance de acesso faltando três rodadas para o fim da Série B foi o estopim para o início das mudanças no Vasco. Tanto que o clube anunciou na noite desta quinta-feira as demissões do técnico Fernando Diniz e do diretor-executivo Alexandre Pássaro.

Diniz e Pássaro são os primeiros nomes a deixar o Vasco visando a próxima temporada. A diretoria cruzmaltina pretende uma mudança radical no departamento de futebol os resultados ruins de 2021.

Pássaro e Diniz não suportaram pressão pelos maus resultados (Foto: Reprodução)

O presidente Jorge Salgado era partidário da permanência de Alexandre Pássaro. No entanto, a eliminação precoce na Série B foi determinante para a saída do dirigente que chegou no início da gestão.

Publicidade

Em relação a Fernando Diniz, o técnico até começou bem seu trabalho no Vasco. Só que a sequência de maus resultados e a queda de rendimento da equipe também sacramentaram a não permanência do comandante.

O auxiliar Fábio Cortez vai comandar o Vasco nas rodadas finais da Série B. O interino deve promover a entrada de jovens jogadores já antecipando o planejamento para 2022.

Relacionadas

Nos próximos dias, alguns jogadores devem deixar o Vasco. O goleiro Vanderlei e o zagueiro Ernando, que não vem sendo aproveitados, podem encabeçar a lista de dispensas.

Publicidade

A diretoria do Vasco antecipou que vai ao mercado para buscar nomes para compor a diretoria de futebol e a comissão técnica.

Confira a nota oficial do Vasco:

O Club de Regatas Vasco da Gama informa que iniciou, nesta quinta-feira (11/11), as primeiras ações em vistas da reestruturação do Departamento de Futebol para a temporada 2022.

Alexandre Pássaro não exerce mais a função de Diretor Executivo de Futebol do Clube a partir desta data. Além do Executivo, o técnico Fernando Diniz também se desliga de suas funções no Cruzmaltino de forma imediata.

Publicidade

O Vasco da Gama atuará nos próximos três jogos do Campeonato Brasileiro com sua comissão permanente, liderada pelo assistente técnico Fábio Cortez. O Clube vai ao mercado para recompor sua equipe técnica do Departamento de Futebol.

Nos pouco mais de dez meses em que esteve à frente do Futebol, Pássaro atuou de forma profissional e reestruturou inteiramente o Departamento, estabelecendo processos fundamentais para a modernização e contribuindo para o aumento da saúde financeira do Clube.

O Vasco da Gama agradece profundamente todo empenho e dedicação de Alexandre Pássaro e Fernando Diniz ao longo do período em que vestiram a camisa cruzmaltina, com a certeza de que no futuro todos irão reconhecer a importância de ambos no processo de reconstrução do Clube.

Comentários