Publicidade

Cair em casa na Copa Sul-Americana desperdiçando muitas oportunidades de gol e não sabendo segurar os poucos momentos que o rival atacou. Abusar de erros individuais e mostrar as velhas fragilidades do elenco. Apesar disso tudo o discurso vascaíno após o jogo foi o de injustiça. Principalmente nas palavras do técnico Ricardo Sá Pinto.

Ricardo Sá Pinto achou resultado injusto. Mas foi isso? (Foto: Conmebol)

Ao final do jogo, em sua entrevista coletiva, Ricardo Sá Pinto ressaltou a injustiça no resultado. Além disso garantiu que o Vasco fez um grande jogo.

– Se tivéssemos marcado uma das seis ou sete oportunidades, ninguém falaria sobre isso. Contra zero oportunidades do adversário. Continuo a dizer: o Vasco fez um grande jogo e merecia ter passado à fase seguinte. É uma grande injustiça esse resultado. Volto a dizer: o adversário teve zero oportunidades. E tivemos um pênalti que nos foi roubado – afirmou o mister, se referindo a um lance polêmico da partida.

Vasco agora se concentra no Brasileirão

Publicidade

O roteiro da partida lembrou a eliminação do rival Flamengo na Libertadores, na última terça-feira. A equipe carioca dominou o confronto e desperdiçou muitas oportunidades de matar o jogo. Contudo, num erro da defesa, em especial do goleiro Lucão, permitiu a vantagem aos argentinos.

Leia também:

Segue o drama! Vasco perde para o Defensa Y Justicia e está eliminado
Vasco vive clima de eleição pesado com futebol em mau momento

Publicidade

Fora da Sul-Americana, o Vasco vai focar somente o Campeonato Brasileiro até fevereiro. O Cruzmaltino, que está na zona do rebaixamento, em décimo sétimo lugar, tentará buscar a recuperação. Mas no domingo, a equipe de Sá Pinto visita o Grêmio em Porto Alegre em uma verdadeira pedreira. Assim é a chance da reação.