Publicidade

O Vasco precisou superar um adversário a mais para voltar a vencer: o gramado do Barradão. Alagado, em função da chuva em Salvador, o campo virou um problema extra. O jogo ficou uma hora paralisado. Entretanto, na raça e pelo alto, o Gigante da Colina bateu o Vitória por 1 a 0, neste sábado, pela 16ª rodada da Série B.

O clube carioca entrou em campo pressionado por três derrotas seguidas e eliminação na Copa do Brasil. A vitória era fundamental para espantar a crise. Com o triunfo, o Vasco encosta no G-4 da Série B.

Sarrafiore Vasco Muita água! Com Sarrafiore não tem tempo ruim | Foto: Rafael Ribeiro / Vasco / Divulgação

Agora, o Vasco tem 25 pontos e está na sétima colocação, a dois pontos do Avaí, quarto colocado. O Vitória continua com 13 pontos e está na zona do rebaixamento, no 17º lugar.

Relacionadas

Barbosa Vasco

Publicidade

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Vila Nova, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em São Januário. Já o Vitória visita o Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília).

Vasco dá o bote no Vitória pelo alto

Lisca abandonou o esquema com três zagueiros, utilizado na derrota para o São Paulo, pela Copa do Brasil. O lateral-direito Léo Matos voltou ao time, enquanto Sarrafiore foi novidade no meio de campo. Marquinhos Gabriel foi para o banco de reservas.

A primeira chance foi do Vitória. Castán se enrolou e viu Guilherme invadir a área. Ele chutou com perigo, para fora, aos dez minutos. O Vasco respondeu com Morato. Ele se livrou da marcação e chutou cruzado. Lucas Arcanjo mandou para escanteio. Na cobrança, Sarrafiore surgiu livre e fez 1 a 0, aos 13 minutos.

Publicidade

O clube carioca ficou na bronca com a arbitragem de Leandro Pedro Vuaden. Wallace cortou a bola, mas acertou o joelho de Juninho. Ele levou apenas o amarelo. O Vasco pedia o vermelho. A chuva era tanta que Vuaden paralisou o jogo, em função do gramado prejudicado. A partida foi retomada após uma hora.

O campo melhorou um pouco, mas ainda continuava difícil praticar futebol. Morato, de fora da área, levou perigo. O Vitória também assustou em finalização da entrada da área. Van emendou com força, por cima. Depois foi a vez de Lucas Arcanjo salvar o clube baiano. Cano cruzou para Léo Jabá, que foi abafado pelo goleiro.

Vasco segura o resultado no segundo tempo

Vanderlei precisou trabalhar logo no começo do segundo tempo. Aos dois minutos, Marcinho soltou uma bomba de fora da área. O goleiro do Vasco voou e espalmou. Lisca fez as primeiras mudanças. Ele lançou Andrey e MT. Saíram Juninho e Sarrafiore.

Publicidade

O volante quase fez o segundo. Ele recebeu da entrada da área, mas viu Lucas Arcanjo salvar o Vitória. No fim, Marcelo se enrolou e colocou a mão na bola para impedir avanço de Léo Jabá. Ele foi expulso.

O Vasco conseguiu segurar o resultado. Uma vitória importante na briga pelo G-4.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0X1 VASCO

Publicidade

Local: Barradão, Salvador (BA)
Data: 07/08/2021, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
Cartão amarelo: Wallace, Samuel Granada e Eron (Vitória) e Juninho, Cano e Léo Matos (Vasco)
Cartão vermelho: Marcelo (Vitória)
Gol:
Vitória:
Vasco: Sarrafiore, aos 13′ do 1ºT

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Van, Marcelo, Wallace e Roberto; Pablo, Fernando Neto (Eduardo), Bruno (Vico) e Guilherme (Eron); Marcinho (David) e Samuel (Samuel Granada). Técnico: Ricardo Amadeu.

VASCO: Vanderlei; Léo Matos, Miranda, Leandro Castán e Zeca; Romulo, Juninho (Andrey) e Sarrafiore (MT); Morato (Daniel Amorim), Léo Jabá e Cano (Cayo Tenório). Técnico: Lisca.

Comentários