Publicidade

Apesar da liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro e do próprio pedido do Vasco, o clube carioca optou por não colocar à venda a carga de ingressos correspondente à 50% da capacidade de São Januário.

Inicialmente, portanto, o plano era disponibilizar 11 mil lugares na partida do sábado diante do Coritiba, pela 30ª rodada da Série B. Mas a diretoria cruzmaltina voltou atrás e manterá a mesma carga de ingressos do último duelo no estádio, contra o Goiás, no dia 27 de setembro.

Vasco Vasco conta com apoio da torcida (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Outro fator que pesou na decisão foram as obras que vêm sendo realizadas em São Januário.

Publicidade

– Existem alguns pontos do estádio, e da sede, em manutenção estrutural, conforme noticiamos. Por isso, optamos por 7.700 ingressos, prezando pelo conforto e segurança dos torcedores – informou a assessoria de imprensa do clube.

Relacionadas

Na partida contra o Goiás, embora 7.700 ingressos tenham sido colocados à venda, a procura foi menor que o esperado e menos de 4 mil pessoas assistiram ao jogo no estádio.

Clássico! Vasco avança e pegará o rival nas quartas do sub-20

Publicidade

O preço dos ingresso sofreu uma redução e os mais baratos começam a partir de R$ 12. A inteira para arquibancada será R$ 40 e a social R$ 100. Os ingressos estão disponíveis através do site www.sociogigante.com/ingressos.

O Vasco adotou o regime híbrido de acesso ao estádio. Assim, torcedores que estiveram com o esquema vacinal completo não precisarão apresentar teste para Covid-19.

Comentários