Publicidade

Artilheiro do Campeonato Carioca, com sete gols, Alef Manga está cobiçado e desperta o interesse de alguns clubes. O Vasco também está de olho no atacante, mas o Volta Redonda pretende fazer jogo duro.

Alef Manga Volta Redonda

Alef Manga é o artilheiro do Carioca | Foto: Volta Redonda / Divulgação

Alef passou a ser cobiçado por várias equipes, entre elas o Vasco, que monitora sua situação. Mas a equipe Sul-Fluminense não tem planos de se desfazer do jogador e mira a disputa da Série C do Brasileirão. O Botafogo também está de olho no jogador.

LEIA MAIS! Com Cabo, Vasco é menos reativo e passa a propor o jogo

Publicidade

“O Alef é um atleta que vem se destacando e já está conosco desde o ano passado. Ele terminou a Série C pelo Volta Redonda, a gente acreditou no potencial dele e renovou o contrato e ele está entregando aquilo que a gente esperava dele. Temos recebido algumas sondagens, mas ainda não chegou nada oficial. Até porque a gente responde que não tem interesse. A gente tem um projeto esportivo que envolve chegar o mais rapidamente possível na Série B”, afirmou o diretor do Volta Redonda, Flávio Horta, ao Canal Atenção Vascaínos.

Alef Manga na mira do Vasco, mas…

O dirigente deixou claro que o clube só vai concordar com a saída do atacante se for pela multa rescisória.

LEIA MAIS! Fora dos planos, quinteto se reapresenta ao Vasco

Publicidade

“Nós não temos interesse em um empréstimo do Alef, ou numa segunda venda. Se um clube quiser realmente levar o Alef, ele tem uma multa de cerca de 2,5 milhões de Reais, que a gente entende que não é nada absurdo e é um valor que justificaria para o Volta Redonda e nos daria um fôlego pra tentar buscar uma reposição à altura”, concluiu.

LEIA MAIS! Vanderlei: ‘Vamos juntos na torcida pelo nosso Vascão da Colina’

Em um momento de sérias dificuldades financeiras, o Vasco não dispõe de recursos para fazer o investimento. A diretoria cruzmaltina tem feito contratações apenas de atletas que estejam livres no mercado ou que possam vir por empréstimo. A condição, portanto, torna quase impossível uma transferência de Alef Manga para o Vasco em 2021.