Publicidade

O Vasco não vai ter o meia Marquinhos Gabriel na estreia na Série B, contra o Operário, neste sábado, o que obriga o técnico Marcelo Cabo a buscar uma solução para o setor de criação.

O jogador já esteve ausente nas finais da Taça Rio e o time apresentou dificuldades. Na decisão do último sábado, Morato atuou mais recuado, mas o rendimento do camisa 10 não agradou.

Marcelo Cabo Vasco Marcelo Cabo prepara o time para a estreia na Série B (Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco)

No momento, duas alternativas se apresentam ao treinador. A primeira é escalar três volantes, com Matías Galarza, Andrey e Rômulo, com um dos dois últimos mais adiantado. A outra é recuar Gabriel Pec para o meio e formar uma linha de frente com Morato, Cano e Léo Jabá.

Relacionadas

Jorge Salgado Vasco
Benítez Vasco

Publicidade

Além da dúvida no meio de campo, Marcelo Cabo não sabe se poderá contar com o zagueiro Leandro Castán para o confronto diante do Operário de Ponta Grossa-PR, pela primeira rodada da Série B.

O elenco do Gigante da Colina se reapresentou nesta teça-feira após dois dias de folga. O treinador terá então até sexta-feira para preparar a equipe para a competição mais importante do ano para o Vasco, que lutará para retornar à Série A em 2022.

Comentários