Publicidade

O Vasco abriu o placar no início do jogo e suportou a pressão do Santos no segundo tempo para vencer neste domingo. Em São Januário, o Cruzmaltino recebeu o Peixe pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro e saiu de campo com o placar de 1 a 0 a seu favor. Carlinhos marcou o único gol do jogo.

Carlinhos marcou para o Vasco (Reprodução ge)

Mesmo com os três pontos, o Vasco segue na zona do rebaixamento, mas dá um passo importante na luta contra a degola. O Santos, que divide suas atenções com a Libertadores, permanece na oitava colocação, mas se mantém próximo do G-6.

O Vasco encerra 2020 com um confronto direto contra o Athletico-PR, outra equipe ameaçada pelo rebaixamento. A partida será no próximo domingo, na Arena da Baixada. O Santos, que também terá uma semana livre para treinar, receberá o Ceará na Vila Belmiro, no mesmo dia.

Evolução e gol no Início

Publicidade

O Vasco iniciou muito bem a partida, com a equipe compacta na marcação e ligada para explorar os contra-ataques. O Santos, entretanto, pela segunda rodada seguida com uma equipe basicamente reserva, não conseguia sair rapidamente e permitia a recomposição cruzmaltina.

A boa organização do Vasco em campo rendeu fruto logo aos 8 minutos. Vinícius recebeu de Cano na intermediária e acionou Léo Matos na direita. O lateral colocou a bola na frente e cruzou na área. Cano tenta o cabeceio pelo meio mas abola chega em Carlinhos no segundo pau, e ele tocou para a rede e abre o placar.

Com a vantagem, o Cruzmaltino recuou mas sem abrir mão do contra-ataque. O Peixe tinha dificuldade em armar as jogadas e cruzou muitas bolas na área. Numa dessa, teve sua melhor oportunidade no primeiro tempo.

Publicidade

Falta cobrada da intermediária pela direita aos 32 minutos e Alex desvia de cabeça. A bola foi no canto oposto e Fernando miguel fez grande defesa.

Defesa funciona e Vasco segura pressão do Santos

O técnico Cuca mexeu bastante no time no intervalo, e o Santos voltou com uma formação mais ofensiva para a etapa final. Os atacantes Soteldo e Bruno Marques entraram nos lugares do zagueiro Luiz Felipe e do lateral direito Fernando.

O Peixe foi pressão total no segundo tempo, e o Vasco se segurou como pode. Sá Pinto reagiu às mudanças de Cuca trocando o esquema para um com três zagueiros.

Publicidade

Cuca voltou a mexer e colocou Marinho em campo, mas o Peixe esbarrou na retranca vascaína e não conseguiu o empate.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ 1 X 0 SANTOS-SP

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de dezembro de 2020, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Guilherme Dias Camilo (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Cartões amarelos: Jadson, Henrique, Ricardo Sá Pinto (Vasco)
Gols:
VASCO: Carlinhos, aos 8 min do 1º tempo

Publicidade

VASCO: Fernando Miguel, Léo Matos, Jadson, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Marcos Júnior (Bruno Gomes), Juninho (Marcelo Alves) e Carlinhos (Yago Pikachu); Vinícius (Gustavo Torres) e Germán Cano (Tiago Reis)
Técnico: Ricardo Sá Pinto

SANTOS: John; Fernando (Bruno Marques), Luiz Felipe, Alex e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Lucas Lourenço) e Diego Pituca; Madson (Marinho), Kaio Jorge e Lucas Braga
Técnico: Cuca