Publicidade

O Vasco ainda não conhece seu novo presidente. Jorge Salgado e Leven Siano esperam decisão da Justiça, que vai definir o mandatário dos próximos anos.

Mandzukic foi vice-campeão mundial com a Croácia (Foto: Divulgação)

Leven Siano venceu a primeira eleição do clube e em sua campanha prometia nomes conhecidos mundialmente no Vasco. O marfinense Yaya Touré chegou a publicar um vídeo prometendo estar em São Januário caso o candidato vencesse o pleito. O negócio foi desfeito poucos dias depois.

Só que nesta quinta-feira, Fabio Cordella, considerado braço-direito de Leven, afirmou que conversou por Khedira e Mandzukic.

Publicidade

– Tentei o Mandzukic, mas ele quer voltar a jogar na Europa. O mesmo vale para Khedira, por enquanto eles estão focados nisso. A ideia é trazer dois ou três jogadores úteis para dar motivação aos jovens, alguns campeões consagrados podem ajudá-los a crescer – disse ao site “Calciomercato”.

Leia também:

Azedou! Torcida do Vasco invade CT para cobrar Sá Pinto e jogadores

Publicidade

Barca do Vasco! Oito jogadores podem sair até fim do ano

Balotelli segue como sonho

Cordella também citou a negociação com o atacante Mário Balotelli.

– Balotelli tem vontade de vir jogar pelo Vasco, isso pode acontecer no final da Série B da Itália. Gostaria de trazer Balotelli para o Rio de Janeiro em maio. Se tivéssemos a oportunidade de operar imediatamente, o Mário já estaria no Brasil. Concordamos em tudo, no projeto e na questão econômica – revelou.

Publicidade

A decisão sobre o futuro presidente do Vasco deve ocorrer no dia 17 de dezembro. Leven já adiantou que vai respeitar a decisão da Justiça e rechaçou participar de uma nova eleição.