Publicidade

O Vasco já fez duas partidas com público em São Januário neste Campeonato Brasileiro da Série B. Em ambos, uma das exigências ao torcedor foi a apresentação de um exame PCR negativo, o que onera bastante o custo do ingresso. Mas a diretoria cruzmaltina avalia adotar o protocolo que o Flamengo vai usar na partida do próximo domingo, no Maracanã, que dispensa o exame.

A medida iria baratear o custo para o torcedor e, portanto, possibilitar uma presença maior do público no estádio para incentivar a equipe. Na partida contra o Cruzeiro, no dia 19 de setembro, o Vasco realizou um evento teste com cerca de 400 torcedores. No jogo da última segunda-feira, contra o Goiás, 7.700 ingressos estavam disponíveis, mas menos de 4 mil foram vendidos.

Por mais público em São Januário, Vasco pode adotar protocolo que dispensa o PCR (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Para a próxima partida da equipe em seu estádio, o Vasco requisitou permissão à Prefeitura do Rio para disponibilizar 11 mil ingressos.

Publicidade

– A informação que temos é que a Prefeitura do Rio vai oferecer uma nova modalidade de protocolo para acesso dos torcedores aos estádios em nossa cidade. Por esse novo protocolo, o torcedor poderia ter acesso ao estádio estando com a vacinação absolutamente completa. Ou seja, com as duas doses ou uma dose naquele fabricante de vacina que exige apenas a dose única – afirmou o VP Carlos Roberto Osório à Rádio Tupi.

Leia Também:

Série de vitórias… Vasco vê sonho do acesso muito mais próximo

Pedindo passagem! Riquelme pode ganhar espaço no Vasco

Publicidade

– Assim, apenas esse torcedores, com a vacinação completa, teriam o acesso ao estádio nessa modalidade. A outra modalidade, que existia até então e continua possível, foi a que utilizamos no jogo da última segunda-feira com o Goiás. O torcedor precisava do teste do PCR e também estar em dia com a vacinação – completou.

O Vasco, entretanto, só voltará a jogar em São Januário no dia 16 de outubro, contra o líder Coritiba. Então a diretoria tem tempo para avaliar as opções antes de tomar uma decisão.

– O Vasco da Gama vai estar analisando esse novo regramento. Vai estar em reuniões e contatos com a prefeitura do Rio, para definir um novo protocolo para o jogo Vasco da Gama e Coritiba no dia 16 – finalizou Osório.

Relacionadas

Publicidade

Antes de receber o Coxa, o Vasco terá duas partidas fora de casa. A primeira será neste domingo contra o Confiança-SE e a seguinte contra o Sampaio Corrêa, no dia 9 de setembro.

Comentários