Publicidade

Reforçado, mas em má fase. É assim que o Sampaio Corrêa vai enfrentar o Vasco, neste sábado, pela Série B. A Bolívia Querida, sob o comando de Felipe Surian, era cotada como candidata ao acesso. Entretanto, perdeu força.

No segundo turno, a queda de rendimento foi vertiginosa. A última vitória do Sampaio aconteceu no dia 28 de agosto, pela 21ª rodada, com um 2 a 0 em casa sobre o CSA. Desde então, foram três empates e quatro derrotas, a última no domingo passado diante do Londrina.

Felipe Surian Vasco Felipe Surian tem o Vasco pela frente (Foto: Sampaio Corrêa/Divulgaçãop)

Se o acesso é difícil para o Vasco, para a equipe maranhense é quase impossível. Restando dez rodadas para o fim do Brasileiro, o Sampaio teria de vencer nove para ficar tranquilo com 64 pontos. Isso porque a equipe aparece na 11ª posição na tabela com 37 pontos, enquanto o Vasco é o sexto com 43.

Publicidade

MAIS! Gabriel Pec aponta o impacto de Fernando Diniz no Vasco

Técnico da Portuguesa no Carioca 2021, Surian conhece bem a equipe do Vasco. Além disso, terá três reforços no time titular. Alan Godoy e Eloir voltam após cumprirem suspensão e Pimentinha se recuperou de lesão. A baixa será o zagueiro Joécio, que levou o terceiro amarelo contra o Londrina.

Relacionadas

MT Vasco

Para o segundo duelo no Castelão com público, o Sampaio vai precisar de todo o apoio que conseguir da torcida. Os adeptos, entretanto, estão na bronca pelos últimos resultados e ainda terão de enfrentar os vascaínos maranhenses que vão certamente marcar presença no estádio.

Comentários