Publicidade

A vitória sobre o Santos foi fundamental para levantar o moral do Vasco, mas o dedo do técnico Ricardo Sá Pinto foi certeiro na hora de montar o time. No entanto, ele apostou em um velho pupilo seu, já conhecido, da época em que treinava o Standard Liège, da Bélgica. Isso aconteceu lá pela temporada 2017/2018. Embora arriscado, deu certo, para sorte dos dois.

Carlinhos marcou gol importantíssimo para o Vasco (Reprodução ge)

Carlinhos foi a solução do treinador para suprir a ausência de Benítez, lesionado. Léo Gil, que seria o substituto, também não foi escalado, pois cumpria suspensão. Assim, o destino uniu novamente os dois. Ricardo Sá Pinto não pensou duas vezes na hora de contar com meio de campo.

Se os ares podem mudar para o Vasco a partir de agora, o mesmo deve acontecer com Carlinhos. O jogador estava encostado no time, sem oportunidades. Justamente Sá Pinto, que o levou para a Bélgica, o resgatou nesse momento difícil para o jogador e para o Vasco. Contudo, não significa que Carlinhos passe a ser utilizado como titular, mas só de ser lembrado já é um grande passo.

Publicidade

Principalmente por ter sido dele o gol que garantiu a vitória sobre o Santos, importantíssima por sinal.

“Foi um gol muito importante para mim e para a equipe. Estávamos precisando, buscando há muito tempo. Estou feliz pelo resultado positivo”.

Leia também

Jorge Salgado: “Vamos construir um Vasco mais pacífico”

Publicidade

Adeus? Ribamar não deve mais vestir a camisa do Vasco