Publicidade

Após sair na frente, no primeiro tempo, o Vasco não conseguiu segurar o resultado e viu o Goiás empatar o jogo, neste domingo, no Estádio da Serrinha, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Titular no lugar do suspenso Leandro Castán, Ricardo Graça lamentou o vacilo do Vasco, que vencia com um gol do estreante Léo Matos.

Ricardo Graça Vasco Ricardo Graça analisou empate do Vasco | (Reprodução YouTube)

“Como estava perdendo e precisava do resultado, o Goiás se jogou para cima. Jogamos com mais inteligência, porque tínhamos o resultado nas mãos. Numa bola lançada num contra-ataque deles, tivemos uma infelicidade. A bola bateu na gente e sobrou para eles e empataram o jogo. Mas estamos felizes com o desempenho do pessoal que entrou, como eu, o Léo Matos, que foi muito bem no jogo, graças a Deus conseguiu fazer o gol e estreou bem. Estamos adaptando o que o mister pede. O primeiro tempo foi bom, mas no segundo caímos um pouco. Tenho certeza de que ele vai pontuar isso para nós. Agora é seguir. Temos um jogo importante pela Copa Sul-Americana contra o Caracas”, analisou Ricardo Graça.

Ricardo Graça alerta o Vasco para a Sul-Americana

E já pensando no duelo pela Sul-Americana, o zagueiro alertou que o Vasco não pode cometer o mesmo vacilo. Como venceu o jogo de ida por 1 a 0, o Gigante da Colina tem a vantagem do empate e enfrenta o Caracas, nesta quarta-feira, na Venezuela, às 21h30 (horário de Brasília).

Publicidade

LEIA MAIS! Vasco larga na frente, mas cede empate para o Goiás

“É um jogo de copa. Fizemos o resultado em casa, mas não podemos baixar. Tem de estar ligado o tempo todo, que uma infelicidade nossa pode mudar o jogo. Sabemos que a posição no Brasileiro não está legal, mas o mister está trabalhando. Tenho certeza de que iremos sair desta”, finalizou Ricardo Graça.

Vasco não quebra série de tropeços no Brasileiro

O empate contra o lanterna Goiás foi um duro resultado para o Vasco, que amarga uma sequência de oito rodadas (seis derrotas e dois empates) sem vencer no torneio. Com 19 pontos em 17 jogos, o Gigante da Colina está na 16ª posição e precisa secar o Red Bull Bragantino, que enfrenta o Grêmio, no Sul, para não voltar para a zona de rebaixamento nesta rodada.