Publicidade

O Vasco esta perto de anunciar um novo reforço para seu ataque a pedido do técnico Ricardo Sá Pinto. O colombiano Gustavo Torres é aguardado em São Januário para exames médicos nesta terça-feira. Aos 24 anos, o jogador tem um histórico de problemas disciplinares nos clubes em que passou.

Gustavo Torres ao lado do técnico Juan Carlos Osorio (Foto: Facebook Atlético Nacional)

Gustavo Torres tem contrato até 2022 com o Atlético Nacional, e virá para o Vasco por empréstimo. O vínculo terá validade até o fim do ano que vem, e inclui opção de compra com o passe fixado.

O sentimento no clube colombiano é de estar se livrando de um problema. O técnico Juan Carlos Osorio tentou “resgatá-lo” e ele recebeu várias chances de se enquadrar, mas não deu certo. Segundo a própria imprensa colombiana, Torres é mais conhecido pelos seus atos de indisciplina do que pelo seu talento como goleador.

Publicidade

O atacante chegou ao Atlético Nacional em 2017, aos 21 anos. Em 2019, foi emprestado ao San Lorenzo, da Argentina, mas seis meses depois estava de volta. Foi então emprestado no segundo semestre ao Rionegro Águilas, que rescindiu o contrato unilateralmente no início de novembro por questões disciplinares reincidentes.

Retornou ao Atlético em 2020 sob a proteção de Osório, mas rejeitado pela torcida da equipe de Medellín. Disputou seis partidas antes da pandemia e marcou quatro gols. Ele não entrou em campo desde o retorno do futebol e vem forçando sua saída do clube. No final de setembro, abandonou os treinamentos.

Gustavo Torres terá concorrência

Leia também:

Publicidade

Campello crava acerto com Gustavo Torres

Campello revela ter feito proposta por Benítez

Exigente e disciplinador, o técnico Ricardo Sá Pinto terá as mãos cheias com Gustavo Torres. Para piorar, a concorrência no ataque do Vasco é grande, com outros nove atletas disputando uma vaga no time titular.

Publicidade

Talles Magno, Cano e Vinícius são os mais utilizados. Ribamar é reserva imediato de Cano, e Guilherme Parede e Ygor Catatau são frequentemente acionados. As outras opções são Tiago Reis, Kaio Magno e Gabriel Pec.