Publicidade

Agora o mais importante do ano. É com este pensamento que o elenco do Vasco vai voltar ao trabalho nesta terça-feira, após ganhar dois dias de folga. No sábado o time derrotou o Botafogo nos pênaltis e ganhou o título da Taça Rio.

Sem compromissos no meio da semana, o técnico Marcelo Cabo terá quatro dias de treinos para preparar a equipe para a estreia na Série B, no sábado, contra o Operário.

Marcelo Cabo começou a pensar na Série B (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Para esta partida, o treinador já sabe que não contará com Marquinhos Gabriel, que se recupera de um problema muscular. Outra dúvida entre os titulares é o zagueiro Leandro Castán, que será reavaliado ao longo da semana.

Publicidade

MAIS! Vasco pode se reforçar para a Série B

Marcelo Cabo também tem problemas entre os reservas, com o volante Bruno Gomes sendo o mais provável de estar à disposição. MT e Ulisses, entretanto, têm menos chances de serem relacionados.
Já o meia Martín Sarrafiore, mais novo reforço da equipe, precisará ser regularizado até sexta-feira para poder estrear.

Confiança no projeto do Vasco na Série B

Cabo assumiu o comando do Vasco no início da temporada. Em três meses de trabalho, ele se diz confiante com o que foi feito e aposta numa boa sequência em 2021.

Publicidade

– Eu sinto hoje muita segurança nessa equipe. O Vasco tem um elenco bem definido, um time bem definido pra competição (Série B). Claro que nenhum time consegue ser constante em toda a temporada, e gente vai oscilar. Mas eu tô muito seguro pelo que os jogadores responderam, o nosso trabalho no dia a dia, o respaldo que a diretoria vem me dando ao longo do meu trabalho – afirmou o treinador à Vasco TV.

– A partir da reapresentação é virar a página, focar nos nossos próximos compromissos que a gente tem, que é a Série B e a Copa do Brasil – finalizou.

Relacionadas

Na primeira rodada da Segundona, o Cruzmaltino irá enfrentar o Operário de Ponta Grossa (PR), na manhã de sábado, em São Januário. Pela Copa do Brasil, o Cruzmaltino vai encarar o Boavista-RJ, em Bacaxá, na terça-feira, 1 de junho.

Comentários