Publicidade

Pela segunda vez em menos de um ano, o Vasco está novamente envolvido em uma grande polêmica com o VAR. Na partida da última sexta-feira, o Cruzmaltino teve um gol supostamente mal anulado na partida contra o Brasil de Pelotas. O empate em São Januário pela 22ª rodada da Série B.

Na reta final do Brasileiro de 2020, no dia 14 de fevereiro deste ano, o Vasco recebeu o Internacional. O Colorado venceu a partida por 2 a 0, mas o primeiro gol não pode ser checado pelo VAR por problemas técnicos.

Vasco volta a ter problemas com o VAR em empate com o Brasil de Pelotas (Foto: Reprodução Premiere)

O Vasco lutou na Justiça desportiva para anular a partida, mas não teve sucesso. A realização de um novo jogo poderia, em caso de resultado diferente, evitar o rebaixamento da equipe.

Publicidade

Agora, diante de situação semelhante, o Cruzmaltino voltará a tentar a via judicial. Desta vez contudo, o desfecho pode ser outro. Segundo o advogado e especialista em direito esportivo, Marcus Donnici, existem diferenças entre os dois casos.

– A diferença pra mim do jogo do Internacional, pra esse último jogo do Vasco, é uma coisa a que tem que ser colocada no tribunal desportivo, que chama-se “dolo eventual”. O dolo eventual é o seguinte, e que caracteriza o erro de direito, as pessoas já sabiam que tinha um problema nesse VAR que colocaram na segunda divisão. Que não tinha a linha tal, a linha tal e a linha tal. Então, já tinha um pressuposto de algo que poderia acontecer durante o jogo, a favor do Vasco ou contra o Vasco – explicou Marcus Donnici.

Leia também:

Vasco visita o Avaí e busca se reaproximar do G-4

Publicidade

Reforço confirmado: Vasco anuncia zagueiro indicado por Lisca

– E quando as pessoas sabem que isso poderia acontecer, no direito criminal que traz pra vida real e pro direito desportivo, é o dolo eventual. No caso do Vasco, como as pessoas sabiam que poderia acontecer um erro no VAR, eu acho que isso é dolo eventual e é passível de anulação de partida – completou.

Donnici detalhou sua visão em participação em live no canal do Youtube Fanático Vascaíno, neste domingo.

Relacionadas

Daniel Amorim

Publicidade

O Vasco luta para voltar à Série A em 2022 e o empate em casa contra o vice-lanterna não estava nos planos.

Comentários