Publicidade

O Vasco busca a aproximação do G-4 da Série B. A reação dos cruzmaltinos aconteceu após a chegada do meia Nenê.

O diretor-executivo Alexandre Pássaro rasgou elogios ao retorno do experiente jogador.

Vasco não perdeu desde a chegada de Nenê  (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

– A gente viu no Nenê uma figura para ajudar a mudar o ambiente. Ele muda vestiário, ele fala com o árbitro, ele chama a marcação, ele treina como se fosse um menino. Ele tem alegria para jogar que é contagiante. Quem está do lado dele, eu acho, não se dá o direito de ter um dia ruim – disse à ESPN.

Publicidade

Pássaro revelou que Nenê poderia ter acertado com o Vasco antes do ocorrido.

– Quando apareceu o Nenê, a gente não teve dúvida. Atrasou um pouco pois o Lisca ainda não tinha a convicção de que era necessário, e aqui a gente respeita e trabalha em conjunto. Com o Diniz, a coisa se acelerou e gera resultado – declarou.

Relacionadas

O Vasco terá a chance de colar no G-4 da Série B neste sábado, quando encara o Sampaio Corrêa, em São Luís.

Comentários