Publicidade

Com onze partidas e invicto à frente do Vasco, o técnico Marcelo Cabo se firma no Cruzmaltino. O treinador assumiu o comando nesta temporada e vai dando consistência e resultados neste ano de reconstrução.

Após a traumática queda para a série B, o Vasco reestruturou seu departamento de futebol e Cabo se tornou peça chave neste processo. O Vasco deixou de ser um time reativo, se tornou mais organizado e que propõe o jogo. As oscilações ainda existem, como no primeiro tempo do jogo contra o Resende, no sábado. Mas uma bronca no intervalo fez o time acordar e crescer em busca da vitória por 3 a 1.

Marcelo Cabo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

– Hoje eu tive que ser um pouco mais severo com vocês, porque eu tenho vocês como meus filhos, porque eu não queria que o final do jogo fosse igual ao intervalo. Nós não merecíamos isso pelo que a gente trabalha. Então o segundo tempo foi uma lição. Quando a gente concentrou e fez o que tem que fazer, o 3 a 1 ficou barato com a gama de chance que críamos – disse Cabo aos jogadores após a partida em São Januário.

Publicidade

– Nós estamos onze jogos invictos. Isso não é fácil no futebol brasileiro não. Vocês estão onze jogos invictos – completou.

Leia também:

Satisfeito, Marcelo Cabo valoriza vitória contra o Resende

Marcelo Cabo (Reprodução Vasco TV)

Taça Rio vai manter time ativo até o Brasileiro

Publicidade

Embora o Vasco não esteja disputando mais o título Estadual, a equipe subiu de produção na reta final e fechou a fase classificatória em quinto lugar. Assim, o Cruzmaltino vai disputar a Taça Rio contra Botafogo, Madureira e Nova Iguaçu.

– Eu não escolho momento para trabalhar. Isso aqui é a nossa vida, gente. É o lugar que levamos o sustento para a nossa família. Tem que ser sempre assim! Obrigado pelo respeito, por terem me ouvido e por terem mudado a história do jogo – finalizou Cabo.

A série invicta de 11 jogos de Marcelo Cabo já é a maior de um técnico estreante do Vasco desde 2010. A partir do final de maio, o Cruzmaltino terá pela frente o Brasileirão da Série B e a terceira fase da Copa do Brasil.

Comentários